• Muzambinho.com
  • Muzambinho.com
  • Muzambinho.com

PM apreende menor suspeita de matar a própria avó em condomínio de luxo em BH

Redação6 de março de 20193min0
20190305204858503911e
Adolescente de 17 anos disse aos militares que se desentendeu com a parente, que também era sua mãe de criação; corpo foi encontrado em estado avançado de decomposição

(foto: Reprodução/Google Street View)

A Polícia Militar apreendeu, na tarde desta terça-feira (5), uma adolescente de 17 anos suspeita de matar a própria avó a facadas. O crime aconteceu no início do ano, já que o corpo de Elizabeth Martins Augusto de Amorim, de 57, foi achado pela corporação em estado avançado de decomposição, na tarde dessa segunda. O homicídio, confessado pela menor, ocorreu no condomínio de luxo Villa Borghese, no Bairro Copacabana, Região da Pampulha.

A suspeita começou quando a mãe da suspeita não conseguiu fazer contato com Elizabeth, a avó, nos últimos dias, conforme o Boletim de Ocorrência. Então, a mãe decidiu ir até ao condomínio para verificar o que havia acontecido. Lá, ninguém atendeu aos chamados do interfone.

Ao perceber um mau cheiro vindo da casa, ela decidiu ligar para a polícia. Ao chegar, a PM identificou o corpo em um quarto, que estava vedado com uma lona amarela. Ao ser apreendida, a menor confessou que usou a capa para evitar que o cheiro se alastrasse, segundo a corporação.

Segundo a suspeita, um desentendimento com a avó motivou o crime. Elizabeth estaria bêbada e teria agredido a neta diversas vezes, inclusive com cortes no dedo. Diante disso, a adolescente afirmou à polícia que pegou a faca e deu três golpes contra o peito da mãe de criação.

Conforme o documento gerado pela PM, a menor disse que enrolou a avó com lençóis, mas não teve força para remover o corpo. Para não ser descoberta, ela se alojou na casa de dois amigos. Com a descoberta do corpo na segunda, ela se deslocou até a casa de parentes, onde foi encontrada na tarde desta terça.

A polícia encaminhou a suspeita à Divisão de Orientação e Proteção à Criança e ao Adolescente (Dopcad). Moradores do condomínio de luxo disseram à polícia que a menor deu diversas festas recentes no imóvel, mesmo diante do mau cheiro trazido pelo cadáver em decomposição.

Fonte: em.com.br

  • Muzambinho.com
  • Muzambinho.com
  • Muzambinho.com
  • Muzambinho.com
  • Muzambinho.com
  • Muzambinho.com
  • Muzambinho.com

Deixar um Comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *