• Muzambinho.com
  • Muzambinho.com
  • Muzambinho.com

Concursos de qualidade dos cafés de Muzambinho, Cabo verde e Nova Resende entram na fase de Avaliação das Amostras.

Redação30 de agosto de 20193min0
AmostrasConcursoCafe19
Foram inscritas: 153 amostras em Muzambinho, 108 em Cabo Verde e 127 em Nova Resende.

Na tarde desta quinta, 29/08/19, as sub comissões de auditoria concluiu a codificação e entrega das amostras de café à sub comissão julgadora, iniciando a fase de avaliação física e sensorial das mesmas. Foram inscritas 153 amostras em Muzambinho, 108 em Cabo Verde e 127 em Nova Resende, numa agradável surpresa para as comissões organizadoras, pois vários foram os problemas relatados durante a colheita que finda, tais como granação e maturação desuniforme e antecipada, queda de frutos maduros por chuvas, entre outros. Tal cenário indicava um decréscimo do número de inscrições.

Em Muzambinho o concurso é organizado pela Comissão Municipal do Café, constituída pelo Sindicato dos Produtores Rurais, Instituto Federal Campus Muzambinho, Prefeitura Municipal e Emater-MG. Em Cabo Verde, pela ASSPROCAFÉ, IF Muzambinho e Emater e em Nova Resende pela COOPERVITAE, ACAPER e Emater.

Tais comissões se empenharam na elaboração dos regulamentos, que apesar de alinhados, mantêm as particularidades de cada município, divulgação ao público, recepção e catalogação das amostras. Em seguida essas foram entregues às sub comissões auditoras, sob a responsabilidade dos técnicos locais da Emater e do assessor técnico para o café da Prefeitura Municipal de Muzambinho para conferência e codificação das amostras propiciando uma avaliação imparcial pela comissão julgadora, constituída pela equipe do Laboratório do café do Instituto Federal, Campus Muzambinho. As amostras serão avaliadas física e sensorialmente na metodologia SCA nas duas fases do concurso.

Identificadas as amostras classificadas para a segunda fase, os cafeicultores serão convidados a coletar novas amostras dos lotes, que passarão novamente por todo o processo visando identificar os cinco finalistas das categorias natural e descascado. Nas cerimônias de encerramento os participantes receberão os certificados, quando serão anunciados os melhores cafés de cada município.

Em sequência às ações desse projeto, os cinco cafeicultores finalistas em cada categoria serão convidados a participar com seus lotes da Rodada de Negócios, organizada conjuntamente pelas três comissões. Na oportunidade serão convidadas diversas empresas do setor cafeeiro como comercializadoras, cafeterias e afins, que terão acesso às amostras e poderão, de acordo com interesse de cada empresa, realizar ofertas aos lotes. Se de agrado do cafeicultor, os negócios podrão ser concretizados. A Rodada é baseada em normas em edital publicado com a devida antecedência à sua realização.

  • Muzambinho.com
  • Muzambinho.com
  • Muzambinho.com
  • Muzambinho.com
  • Muzambinho.com
  • Muzambinho.com
  • Muzambinho.com

Deixar um Comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *