• Muzambinho.com
  • Muzambinho.com
  • Muzambinho.com

Rede Municipal de Ensino de Muzambinho recebe treinamento em primeiros socorros

Redação25 de outubro de 20193min0
A prestação dos primeiros socorros nos minutos iniciais da sufocação são essenciais para a sobrevivência da pessoa.

Atentos a segurança das crianças no ambiente escolar a Prefeitura Municipal de Muzambinho através da Secretaria de Educação, e da secretária Simone A. Martins realizaram treinamento em primeiros socorros.

O curso foi uma parceria, explica Marcos Bruno que é o mobilizador municipal do Senar “o curso que faz parte dos Programas especiais de promoção social do Senar Minas. que em Muzambinho atua através do Sindicato dos Produtores Rurais”

O treinamento, com aula teórica e prática foi para 30 profissionais da educação entre servidoras, professores, auxiliares e gestores das Cemeis e escolas municipais urbanas e rurais. A instrutora do Senar, a enfermeira Cinthia Feliciano D’assunção foi a responsável pelo conteúdo. As aulas ocorreram em duas turmas na Escola Municipal Sagrado Coração de Jesus e na Escola Municipal Frei Florentino as diretoras, Marli A. Dias Salomão e Valéria Xavier M. B. Lima, também passaram pelo treinamento. “Os profissionais receberam instruções para realizarem os primeiros socorros em situações de urgência e emergência, como manobras para reverter convulsões, desmaios, engasgos e paradas cardiorrespiratórias, “ explica a Marli Salomão, gestora municipal.

A prestação dos primeiros socorros nos minutos iniciais da sufocação são essenciais para a sobrevivência da pessoa. O engasgamento é rápido, em três minutos a pessoa desenvolve uma parada cardíaca e, após, uma parada respiratória por falta de oxigenação no cérebro. “A cada minuto a mais do coração parado, 10% a menos de chance da pessoa sobreviver. Em dez minutos a pessoa vem óbito. Quando uma reanimação cardiopulmonar é feita de forma correta, esses 10% caem para 3%”, informa Cinthia.

Entenda a LEI LUCAS
Sancionada em âmbito nacional em 2018, a Lei nº 13.722/2018, conhecida como lei Lucas, determina que instituições públicas e privadas da educação básica capacitem professores e funcionários para prestar primeiros socorros, quando necessário, em seu corpo discente. A proposta foi criada para homenagear o estudante Lucas Begalli Zamora, de 10 anos, que em 2017 faleceu após engasgar durante um passeio promovido pela escola.

Acesse a lei na integra
https://www12.senado.leg.br/noticias/materias/2018/10/05/lei-torna-obrigatoria-a-capacitacao-em-primeiros-socorros-para-professores

  • Muzambinho.com
  • Muzambinho.com
  • Muzambinho.com
  • Muzambinho.com
  • Muzambinho.com
  • Muzambinho.com
  • Muzambinho.com

Deixar um Comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *