• Muzambinho.com
  • Muzambinho.com
  • Muzambinho.com

Sul de Minas pode perder 23 municípios de acordo com PEC do governo

Redação6 de novembro de 20192min0
Municípios poderão deixar de existir por conta da proposta de incorporações a municípios vizinhos das cidades com menos de 5 mil habitantes

Em uma das PEC’s enviadas ao Congresso na terça-feira, 5, o Sul de Minas poderá perder 23 municípios caso a proposta de incorporações a municípios vizinhos das cidades com menos de 5 mil habitantes e arrecadação própria menor que 10% da receita total seja aprovado.

Além dessas cidades, outras 11 têm arrecadação própria maior que 10% e outras cinco não tiveram dados computados pelo IBGE Cidades.

Todos os números das 23 cidades que correm este risco, somadas representam uma população de 80.721 habitantes, sendo comparada a cidade de Alfenas, 7º maior do Sul de Minas, que possuí pouco mais de 79 mil habitantes. Entre as cidades que correm este risco estão: São Pedro da União, Claraval, Fortaleza de Minas, Bom Jesus da Penha e Doresópolis. 

De acordo com o Ministério da Economia, em todo o país há, atualmente, 1.254 municípios que seriam incorporados pelos vizinhos, de acordo com as mudanças propostas.

Confira as PEC’S enviadas ao Congresso e seus efeitos:

  1. PEC do pacto federativo: dá mais recursos e autonomia financeira para estados e municípios.
  2. PEC Emergencial: cria mecanismos emergenciais de controle de despesas públicas para União, estados e municípios.
  3. PEC dos Fundos Públicos: extingue a maior parte dos 281 fundos públicos e permite o uso de recursos para pagamento da dívida pública.

Fonte: portalondasul.com.br

  • Muzambinho.com
  • Muzambinho.com
  • Muzambinho.com
  • Muzambinho.com
  • Muzambinho.com
  • Muzambinho.com
  • Muzambinho.com

Deixar um Comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *