• Muzambinho.com
  • Muzambinho.com
  • Muzambinho.com

Secult oferece capacitação gratuita para proponentes dos editais “Minas de Culturas Populares”

Redação14 de janeiro de 20204min0
00000Editais 2

Ação da Secretaria de Estado de Cultura e Turismo (Secult) permitirá que interessados em concorrer aos editais “Minas de Culturas Populares” se preparem melhor para inscrever seus projetos. A pasta oferece, na próxima sexta-feira (17/1), uma capacitação gratuita para pessoas físicas que pleiteiam o financiamento de seus projetos culturais via Fundo Estadual de Cultura (FEC).

A atividade acontece no teatro da Biblioteca Pública Estadual de Minas Gerais, das 14h às 17h, e será coordenada pelo diretor de Articulação e Integração Cultural da Secult, Alysson Felipe Amaral. No conteúdo a ser abordado, está o funcionamento dos editais e da plataforma digital – meio pelo qual é realizado todo o processo de inscrição dos projetos concorrentes. Além disso, os participantes receberão orientações sobre como elaborar projetos. Não é necessário se cadastrar para participar e a capacidade do espaço é para 220 pessoas.

 

Editais Minas de Culturas Populares

Para os três editais, serão investidos R$ 2,5 milhões do FEC, sendo que um deles é voltado especificamente para pessoa jurídica:

1 – Culturas Populares (pessoa física)

O edital premiará iniciativas de artistas, mestres e demais profissionais vinculados à cultura popular e tradicional com objetivo de promover, valorizar e fortalecer as expressões dos diversos grupos e manifestações da cultura popular, tradicional, urbana, afro-brasileira, indígena e outras.

Público-alvo: artistas, mestres, artesãos, produtores, pesquisadores e pessoas físicas vinculadas à cultura popular e/ou tradicional

Total a ser investido: R$ 500 mil

2 – Nossa Cultura (pessoa jurídica)

Destinado a órgãos ou entidades de direito público municipal, com objetivo de estimular a realização de projetos culturais nas diversas linguagens e temáticas, tais como mostras, festivais, exibições, circuitos de arte, festas populares e outros. Pela modalidade de repasse aos municípios, privilegia a descentralização dos investimentos do FEC via análise do Índice de Desenvolvimento Humano dos Municípios (IDHM).

Público-alvo: órgãos ou entidades de direito público municipal de natureza cultural

Total a ser investido: R$ 1 milhão

3 – Nossa Cultura (pessoa física)

Este edital premiará artistas, produtores e demais profissionais vinculados à cultura para a realização de ações e atividades culturais, como concursos, mostras, feiras, festivais, festas populares e outras, com objetivo de promover a difusão e o acesso aos bens culturais de Minas Gerais, com foco na descentralização dos investimentos do FEC via análise do Índice de Desenvolvimento Humano dos Municípios (IDHM).

Público-alvo: artistas, produtores e demais profissionais vinculados ao universo da cultura e arte.

Total a ser investido: R$ 1 milhão

Fonte: Agência Minas

  • Muzambinho.com
  • Muzambinho.com
  • Muzambinho.com
  • Muzambinho.com
  • Muzambinho.com

Deixar um Comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *