Superintendência do Ibama em Minas Gerais apreende 414 toras de araucária no Sul de Minas

Redação14 de maio de 20212min0
WhatsApp-Image-2021-05-14-at-13.28.50
A Superintendência do Ibama em Minas Gerais apreendeu 414 toras de araucária na Serra da Mantiqueira, em Congonhal, no Sul de MG

De acordo com o Ibama, a operação é considerada a maior apreensão de araucária da história já realizada no estado. Segundo o órgão, durante a ação, também foram constatados 3.069,33 m³ em créditos virtuais, o que serviria para acobertar a madeira extraída ilegalmente. Segundo o Ibama, a ‘Operação Angustifolia’ foi iniciada na segunda-feira (10) na região da Serra da Mantiqueira, com o objetivo de identificar fraudes no sistema de controle florestal envolvendo a espécie araucária.

O Ibama explicou que, a partir de auditoria realizada no sistema florestal, foi identificada movimentação suspeita de créditos virtuais de araucária. Estes créditos virtuais, ainda segundo o órgão, eram originados nos plantios de araucária na Serra da Mantiqueira. Com isso, durante a operação, que teve o resultado divulgado nesta quinta-feira (13), o Ibama apreendeu 414 toras de araucária cortadas ilegalmente.

O Ibama revelou que a madeira apreendida na ação foi doada para o IF Sul de Minas e Prefeitura de Inconfidentes.
O Ibama explicou que para a madeira ser considerada legal a mesma deve estar acobertada com o respectivo crédito virtual no sistema. Segundo o órgão, as transações meramente virtuais além de caracterizarem infrações administrativas podem ser também artifícios utilizados para acobertar madeira de araucária extraída ilegalmente.

Esse saldo ilegal constante no sistema do estado, de acordo com o Ibama, é suficiente para acobertar mais de 100 carretas bi trem carregadas com toras de araucária.

Fonte: Portal Onda Sul

  • Muzambinho.com
  • Muzambinho.com
  • Muzambinho.com
  • Muzambinho.com

Deixe um Comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *