Governo de Minas é homenageado por enfrentamento à covid-19

Redação22 de novembro de 20218min0
assistencia_fhemig
Atividades de combate à doença de órgãos como SES-MG, Fhemig, Polícia Militar, Corpo de Bombeiros e da Defesa Civil estadual foram reconhecidas

Profissionais da Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG), da Fundação Hospitalar do Estado de Minas Gerais (Fhemig), da Polícia Militar, do Corpo de Bombeiros e da Defesa Civil foram homenageados por sua contribuição no enfrentamento à covid-19. A iniciativa foi da filantropa e líder das comunidades brasileiras no exterior junto ao Itamaraty, Ester Sanches-Naek. Residente há 35 anos nos Estados Unidos, Ester é belo-horizontina e tem uma atuação reconhecida internacionalmente em causas sociais.

Representando a Fhemig, receberam o reconhecimento a diretora assistencial Lucinéia Maria de Queiroz Carvalhais Ramos; a diretora do Hospital Regional Antônio Dias (HRAD),  em Patos de Minas, Valéria Costa Queiroz; e a gerente assistencial do Hospital Eduardo de Menezes (HEM), em Belo Horizonte, Tatiani Oliveira Fereguetti.

A idealizadora do evento ressaltou a importância do trabalho de profissionais da assistência, gestores de saúde, pilotos, bombeiros, entre outras categorias profissionais, nos resultados alcançados na pandemia. “Quase 98% dos infectados pelo coronavírus no estado estão recuperados da doença. Como embaixadora de Minas Gerais e do Brasil, quero mostrar isso lá fora e homenagear esses profissionais pelo trabalho árduo e por terem salvado tantas vidas”, explica.

Além de sua atuação como empreendedora social, Ester tem uma forte ligação com a área da saúde. Formada pela Universidade de Connecticut em Fonoaudiologia e Espanhol, seu trabalho com filantropia começou em 2002, quando conduziu em Alvinópolis – município da região central do estado – um projeto de arrecadação de fundos para a reestruturação do hospital da cidade, cujo setor de pediatria, atualmente, leva seu nome. Também foi diretora, durante um ano, do Connecticut Children’s Hospital, em Hartford, onde atua como promotora da cultura brasileira.

“Acho que precisamos aplaudir a atuação do Sistema Único de Saúde (SUS), especialmente nos casos de doenças mais complicadas. Acompanhei a situação da pandemia de covid-19 no Brasil com muita preocupação. Meu objetivo com essa homenagem é reforçar com esses profissionais que eles estão no caminho certo”, enfatiza.

Homenageadas

As representantes da Fhemig receberam a homenagem das mãos do secretário de Estado Adjunto de Saúde, André Luiz Moreira dos Anjos, e da major do Corpo de Bombeiros Karla Lessa.

Para a diretora assistencial da Fhemig, Lucineia Carvalhais, as entregas da fundação durante a pandemia só foram possíveis graças ao trabalho conjunto e ao esforço de muitos profissionais. “Me passa pela cabeça o nome de tanta gente. Foram centenas, milhares de pessoas que deram tudo o que podiam por esse trabalho. Apesar do medo da contaminação, da consciência do risco e da gravidade, isso não nos imobilizou. A equipe esteve envolvida e tivemos esse impulso de que algo devia ser feito, de que tínhamos que nos organizar”, ressalta.

Tatiani Fereguetti, gerente assistencial do Hospital Eduardo de Menezes – primeira unidade do estado a dedicar 100% de seus leitos ao atendimento à covid-19 –, também relembrou o medo inicial de uma doença, até então, desconhecida. “Ninguém sabia ao certo a proporção do que viria, se seríamos capazes de dar a resposta à altura e de atender os pacientes como gostaríamos. Foi um processo muito doloroso e estressante, mas também de intenso crescimento pessoal, profissional e humanitário. Hoje, podemos entender a pandemia como uma missão em cumprimento, que não está finalizada, mas em uma posição diferente da que estávamos lá atrás. Com mais maturidade, consciência de tudo o que foi feito e de que, de alguma forma, acertamos,  apesar de todas as perdas e do sofrimento que enfrentamos nesse percurso”.

Referência para a macrorregião Noroeste do estado, o Hospital Regional Antônio Dias também dedicou leitos de enfermaria e de terapia intensiva ao atendimento a casos de covid-19. A diretora da unidade, Valéria Costa Queiroz, destacou o engajamento de toda a equipe nesse desafio. “O meu sentimento hoje é de dever cumprido, com um trabalho que garantiu a segurança assistencial dos nossos pacientes. Somos referência para uma população de 700 mil habitantes e tivemos retornos muito positivos de quem foi atendido lá. Para nós, é uma honra esse reconhecimento dos profissionais, que não mediram esforços para salvar vidas”, afirma Valéria.

Assistência

No dia 21/1/2020, a Fhemig recebeu o primeiro caso suspeito de covid-19 do Brasil, no Hospital Eduardo de Menezes. Desde então, foram atendidos 17.343 pacientes com suspeita da doença, que se confirmou em 7.191 casos. Diante de um cenário de calamidade, a maior rede hospitalar pública do país ofereceu respostas rápidas e gerenciamento firme para garantir a assistência aos pacientes. Em conjunto, as unidades hospitalares da fundação foram as que mais realizaram internações de pacientes suspeitos e confirmados de covid-19 em Minas Gerais.

No total, a Fhemig destinou 171 leitos de terapia intensiva e 318 de enfermaria ao tratamento dos pacientes suspeitos e confirmados com a doença. Ainda no início da pandemia, a fundação se organizou para dimensionar sua capacidade máxima de resposta, descrita no Plano de Capacidade Plena Hospitalar (PCPH). Em pouco tempo, toda a instituição se envolveu com a convocação emergencial de servidores, aquisição de insumos, projeção de consumo de material médico e medicamentos, desenvolvimento de rotinas, fluxos e protocolos, treinamentos on-line e aquisição de equipamentos.

Além disso, foi criado um robusto protocolo assistencial de atendimento, com diretrizes para todas as atividades que funcionam nos hospitais da Fhemig, desde a chegada do paciente até a alta ou o óbito. O trabalho é finalista do Prêmio Inova Minas Gerais na modalidade “Inovação em Políticas Públicas”. A segunda etapa da avaliação vai até 30/11.

Fonte: Governo de Minas

  • Muzambinho.com
  • Muzambinho.com
  • Muzambinho.com
  • Muzambinho.com

Deixe um Comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *