Avanço dos casos de Covid-19 já reflete na ocupação dos leitos da UTI e enfermaria na região

Redação14 de janeiro de 20221min0
leitos2_21034
O aumento foi também na ocupação de leitos da UTI exclusivos para Covid-19, de 7,48% para 17,71% em dez dias.

A taxa de ocupação da UTI voltou a crescer na região após as festas e viagens de fim de ano. Em 3 de janeiro a taxa ocupacional da UTI era de 41,77% no Sul de Minas, agora é 48,31%.

Varginha é até o momento a cidade com a maior taxa de ocupação de leitos da UTI, 89,29% no total. A cidade possuí também a maior taxa para tratamento de Covid-19, 60%. De acordo com os dados da Secretaria do Estado de Saúde (SES-MG), além de Varginha, São Sebastião do Paraíso (56,67%), Pouso Alegre (54,39%) e Guaxupé (52,63%), aparecem em sequência.

Já sobre os leitos de enfermaria, os números também subiram. Em dez dias, a porcentagem de 45,51% saltou para 53,85%. Apesar desse número, os dados para pacientes de Covid-19 continuam baixos, de 1,62% para 2,39%.

Entre as cidades, Passos é a que possuí a taxa de ocupação da enfermaria a maior da região, sendo 88,44%. Logo atrás vem São Sebastião do Paraíso, Pouso Alegre e Três Corações, todas elas com mais de 60% da ocupação total.

Fonte: Portal Onda Sul

  • Muzambinho.com
  • Muzambinho.com
  • Muzambinho.com
  • Muzambinho.com

Deixe um Comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *