• Muzambinho.com
  • muzambinho.com.br
  • muzambinho.com.br
  • Muzambinho.com

COVID: Minas registra mais de 5 mil novos casos pelo 4º dia seguido

Redação2 de junho de 20223min0
covid-resize-702-404
Segundo Fábio Baccheretti, secretário de Saúde, o alto índice de infecção está associado ao caráter sazonal do novo coronavírus

Minas Gerais registrou mais de 5 mil novos casos de COVID-19 pelo 4º dia consecutivo. O número de mortes durante o mesmo período foi de 35.

De acordo com o boletim epidemiológico desta quinta-feira (2/6), divulgado pela Secretaria do Estado de Saúde (SES-MG), não houve óbitos nas últimas 24 horas e 6.115 pessoas testaram positivo para a doença.

O crescimento do número de pessoas infectadas no estado já era esperado pelas autoridades. Segundo Fábio Baccheretti, secretário de Saúde, o alto índice de infecção está associado ao caráter sazonal do novo coronavírus.

“A COVID-19 vai aumentar. O que estamos observando agora nada mais é do que o esperado. Não há cepas novas, não é um momento de fragilidade vacinal da população”, explicou.

Entre a última sexta-feira (27/5) e segunda-feira (30/5), mais de 7.400 casos foram confirmados em Minas Gerais.

Durante o mês de maio foram registrados 72% mais casos confirmados do que o total em abril de 2022, mas o número de óbitos não aumentou.

Até o momento, 61.579 pessoas morreram e 3.428.615 tiveram a doença confirmada em Minas, sendo que 3.226.629 foram recuperados.

Atualmente, 140.407 pessoas estão em acompanhamento, ou seja, não evoluíram para óbito, cuja condição clínica permanece sendo acompanhada ou aguarda atualização pelos municípios.

Vacinômetro em Minas

Segundo a SES-MG, 89,2% da população mineira já tomou a primeira dose da vacina, enquanto a segunda dose foi aplicada em 83,01%.

Além disso, somente 58,5% do público-alvo, com menos de 60 anos, recebeu a terceira dose.

Apesar dos avanços na cobertura vacinal, Baccheretti afirmou estar preocupado com a vacinação de idosos e crianças.

No caso das pessoas com mais de 60 anos, apenas 27,79% desse público tomou a quarta dose ou segunda dose de reforço. Já o público pediátrico, ainda que 69,43% das crianças tenham recebido a primeira dose do imunizante, a segunda dose foi aplicada em apenas 35,06%.

Nesta semana, cidades da Grande BH, iniciaram a aplicação da terceira dose em adolescentes, conforme orientações da SES-MG.

Na capital mineira, a prefeitura convocou adolescestes de 17 anos nesta quinta-feira (2/6), sendo possível tomar a vacina em todos os  centros de saúde e postos extras.

Fonte: Estado de Minas
  • Muzambinho.com
  • Muzambinho.com
  • Muzambinho.com
  • Muzambinho.com

Deixe um Comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *