• Muzambinho.com
  • Muzambinho.com
  • muzambinho.com.br
  • muzambinho.com.br

Ministério da Saúde registra 1.721 casos da varíola dos macacos

Redação5 de agosto de 20223min0
variola_rtroptp_4_health-monkeypox_1
O estado de São Paulo lidera com quase 1.300 casos

Depois de oito semanas do primeiro caso detectado no país, o Ministério da Saúde registra 1.721 casos de monkeypox, a varíola dos macacos, com crescimento de mais de 60% somente na última semana.

O estado de São Paulo lidera com quase 1.300 casos, seguido do Rio de Janeiro, com 190 casos, e Minas Gerais, com 75. Depois aparece o Distrito Federal, com 37 casos, onde, nessa quinta-feira, a Universidade de Brasília informou que dois estudantes foram afastados das atividades presenciais pois tiveram contato com pessoas positivas para a monkeypox.

A descoberta de casos da varíola no campus preocupa a estudante de Letras da UnB, Ana Clara Ribeiro.

A varíola dos macacos é causada por vírus, a partir do contato com um animal, pessoa ou materiais infectados. O infectologista Julival Ribeiro explica como pode ser transmitida a monkeypox.

Os sintomas mais comuns são febre, calafrio, cansaço, dor de cabeça, nas costas e musculares, e gânglios inchados. Em seguida, aparecem lesões avermelhadas na pele, espalhadas pelo corpo semelhantes a furúnculos. A doença é de baixa mortalidade, mas na semana passada foi confirmado o primeiro óbito pela doença no Brasil e não há tratamento específico para a monkeypox.

O Ministério da Saúde anunciou a compra de 50 mil doses de vacina, que vão ser distribuídas a profissionais da linha de frente e de laboratórios. O Brasil é o sexto país do mundo em casos diagnosticados da monkeypox. Os Estados Unidos lideram com mais de 6.600 casos.

Fonte: Agência Brasil

  • Muzambinho.com
  • Muzambinho.com
  • Muzambinho.com
  • Muzambinho.com

Deixe um Comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *