• Muzambinho.com
  • Muzambinho.com
  • loja.muzambinho.com
  • muzambinho.com.br

II Sarau da Consciência Negra em Muzambinho: Homenagem a Zé Dadinha destaca a importância da diversidade

Redação20 de novembro de 20233min0
A Escola Estadual Cesário Coimbra promoveu uma noite repleta de cultura e reflexão, celebrando a Consciência Negra e homenageando Zé Dadinha.

O II Sarau da Consciência Negra: Vidas Negras Importam, realizado pela Escola Estadual Cesário Coimbra em parceria com a Secretaria de Esporte, Lazer, Cultura e Turismo, foi mais do que um evento cultural; foi um compromisso coletivo com a valorização da diversidade e a compreensão da importância da Consciência Negra.

No coração do bairro Brejo Alegre, que carrega o título de quilombo dos Palmares, o Centro Comunitário ficou lotado para testemunhar as apresentações de estudantes, uma verdadeira celebração da cultura afro-brasileira. A noite foi marcada por uma homenagem especial a José Benedito da Silva, mais conhecido como Zé Dadinha, cuja vida e contribuições foram destacadas como parte essencial da identidade cultural do bairro.

Zé Dadinha, nascido em 20 de julho de 1952, é um músico muzambinhense que dedicou sua vida ao samba, tocando soto e tarol. Sua influência na música local transcendeu as fronteiras do bairro, animando carnavais em Muzambinho e região, e tocando com o grupo musical Pop Som em diversas cidades. Descrito por amigos como uma figura querida, tranquila e alegre, Zé Dadinha conquistou o coração da juventude local, e a homenagem a ele foi o ponto alto da noite.

Além das apresentações dos estudantes, que incluíram poemas, encenações, músicas e danças, a Escola Estadual Cesário Coimbra organizou uma exposição que destacou a cultura afro-brasileira. A mostra incluiu pinturas, instrumentos confeccionados a partir de materiais reutilizáveis e fotografias homenageando pessoas negras da cidade, tudo produzido nas aulas de Arte, proporcionando uma experiência imersiva na cultura.

O Museu Municipal “Francisco Leonardo Cerávolo”, coordenado por Giovanni Arantes, também contribuiu para a conscientização, exibindo um acervo sobre Afromineiridade, enriquecendo a compreensão da história e das contribuições afro-brasileiras.

O evento encerrou com uma emocionante apresentação de Capoeira do Grupo União das Raízes, reforçando a importância da representatividade como símbolo de combate e resistência.

A Escola Estadual Cesário Coimbra expressa sua gratidão à Secretaria de Esporte, Cultura, Lazer e Turismo de Muzambinho, à Diretoria do Centro Comunitário Brejo Alegre, ao Festival da Inovação e Cultura Empreendedora do Instituto Federal de Muzambinho, ao Lar São Vicente de Paula, ao músico Robertinho, e ao jornalista, compositor e intérprete Pedro Henrique Varoni pelo apoio nesse processo educativo. O II Sarau da Consciência Negra não apenas marcou uma noite enriquecedora, mas também representou um marco na construção de uma sociedade mais inclusiva e consciente.

  • Muzambinho.com
  • Muzambinho.com

Deixe um Comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *