• Muzambinho.com
  • Muzambinho.com
  • muzambinho.com.br
  • loja.muzambinho.com

Por que precisamos desenvolver o lado da espiritualidade para alcançar uma vida mais feliz?

Redação25 de novembro de 20235min0
Tamyres241123
Tamyres Fontes

Entenda como a fé pode ser importante para felicidade e o autoconhecimento
Por que precisamos desenvolver o lado da espiritualidade para alcançar uma vida mais feliz?

Você já ouviu falar que o caminho para a felicidade está na compreensão do propósito da vida? Mas como podemos entender o sentido da nossa existência? Existem diversas formas de buscar o entendimento do nosso lugar no mundo e uma delas é a espiritualidade. A espiritualidade está profundamente enraizada em fornecer significado e autoconhecimento.
professora do curso 4D de bacharelado em Gestão da Felicidade e Projeto de Vida da PUCPR, Diana Chao Decock, explica que a espiritualidade é uma experiência íntima e profunda, que desafia a compreensão humana e confere à existência de significado e propósito, levando a direção da plenitude e do bem viver:

“Os ritos, as filosofias e os mitos que emanam da espiritualidade são instrumentos que não detêm valor intrínseco, sua importância reside na capacidade de catalisar a transformação pessoal e promover a conexão consigo mesmo. A espiritualidade nos convida a transcender o efêmero e a encontrar a autenticidade e a plenitude.”

Espiritualidade e o autoconhecimento
Com frequência, a educação nos direciona a explorar o mundo ao nosso redor, aprender a interagir socialmente, cumprir funções, realizar tarefas, decodificar a realidade exterior. Essa formação é crucial para a adaptação à vida em comunidade. Diana diz que raramente somos incentivados a explorar nossa própria interioridade, compreender nossos pensamentos, emoções, desejos e valores.

” A espiritualidade pode ser vista como o encontro consigo mesmo, uma experiência que se torna um guia para nossas ações no mundo exterior. Ela é o caminho que nos conduz ao autoconhecimento, permitindo que nossas ações e relações com o mundo estejam alinhadas com nossa interioridade. É a jornada espiritual que nos leva a uma compreensão mais profunda de nós mesmos e do nosso lugar no universo, enriquecendo assim nossa experiência de vida.”

Espiritualidade e felicidade
Compreender e medir a felicidade requer uma abordagem metodológica e epistemológica cuidadosa. Diana diz que diversas pesquisas têm se empenhado em desvendar os caminhos para alcançar a felicidade e o papel da espiritualidade nesse processo. Em 1999, a Organização Mundial da Saúde (OMS) ampliou sua definição de qualidade de vida, passando a considerá-la como uma dimensão multidimensional que engloba o bem-estar físico, psicológico, social e espiritual.

“Diferentes estudos têm comprovado as implicações da espiritualidade em relação à prevalência, diagnóstico, tratamento, resultados clínicos e prevenção de doenças. Além de demonstrar o impacto da espiritualidade no bem viver”, diz Diana.

Como praticar a espiritualidade
Além dos ritos como a oração, a eucaristia, a meditação, a prece e o ofertório, que são alguns dos métodos que nos permitem acessar nossa realidade interior, Diana comenta que é possível observar que a espiritualidade pode se manifestar em diversos momentos e situações da vida.

“Às vezes, ao caminhar em contato com a natureza, em um mergulho no mar, em uma conversa com alguém ou durante o trabalho, podemos nos sentir plenos e experimentar nossa própria jornada espiritual. A espiritualidade é uma experiência pessoal e única, que vai além dos ritos religiosos ou institucionalizados. Ela está em nossa capacidade de experienciar a conexão interior e a compreensão de nós mesmos, independentemente do contexto em que isso ocorre”, finaliza.

  • Muzambinho.com
  • Muzambinho.com

Deixe um Comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *