• muzambinho.com.br
  • Muzambinho.com
  • Muzambinho.com
  • loja.muzambinho.com

Início de 2024 pode ter calor e chuva acima da média em Minas

Redação29 de dezembro de 20234min0
clima-x-tempo-1024x590
Sistema de Meteorologia e Recursos Hídricos de Minas aponta tendência para o primeiro trimestre

A população poderá enfrentar calor e chuva acima da média histórica em Minas Gerais no primeiro trimestre de 2024. É o que aponta o relatório de tendência climática elaborado pelo Sistema de Meteorologia e Recursos Hídricos de Minas Gerais (Simge), do Instituto Mineiro de Gestão das Águas (Igam). O documento, elaborado nesta semana, aponta até 2°C de temperatura acima da média em parte do estado.

A previsão feita pelo Simge é de que a maior parte do estado fique com 1°C acima da média histórica, podendo chegar a 2°C no extremo norte mineiro, como no Norte de Minas e no Jequitinhonha. O motivo é a continuidade do fenômeno atmosférico-oceânico, conhecido como El Niño, que é caracterizado por anomalias positivas da Temperatura da Superfície do Mar (TSM), ou seja, águas mais quentes que as normais se estabelecem no Oceano Pacífico Tropical Centro-Oriental, próximo à costa oeste da América do Sul.

“Vale ressaltar que o El Niño 2023/2024 já está entre os cinco mais intensos já registrados (desde 1950) e a tendência é que persista influenciando no clima por toda a estação do verão, ou seja, até o final de março de 2024”, explica o meteorologista do Simge, Heriberto dos Anjos.

Em relação às chuvas no primeiro trimestre de 2024, a tendência é que a porção norte do estado (Noroeste, Norte de Minas e Jequitinhonha) apresentem anomalias positivas de precipitação, com cerca de 50 a 100 mm acima da média. Nas demais regiões de Minas, a previsão é de chuvas dentro da normalidade. Para a acessar o relatório, clique aqui.

Simge

O trabalho de monitoramento das condições climáticas é feito, no Igam, há 25 anos, pelo Sistema de Meteorologia e Recursos Hídricos de Minas Gerais (Simge). O sistema é referência para que, nos casos de eventos naturais, os órgãos públicos tomem decisões que podem salvar vidas. O trabalho de alerta é realizado em parceria com a Coordenadoria Estadual de Defesa Civil (Cedec) e tem o apoio da Cemig para aquisição das informações.

Ainda, para realizar a previsão de tempo e clima, bem como o monitoramento e a vigilância meteorológica, o Simge conta atualmente com ferramentas como produtos derivados de satélite, modelos meteorológicos e climáticos provenientes de órgãos nacionais e internacionais, sistemas de detecção de raios, dados observados por meio de Plataformas de Coleta de Dados (PCDS) automáticas e dados de radares meteorológicos.

Fonte: Itatiaia

  • Muzambinho.com
  • Muzambinho.com

Deixe um Comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *