• muzambinho.com.br
  • loja.muzambinho.com
  • Muzambinho.com
  • Muzambinho.com

IPVA 2024: primeiras parcelas vencem nesta segunda; veja calendário

Redação15 de janeiro de 20244min0
146-divida-ativa-de-IPVA
Pagamento em conta única dá direito a 3% de desconto

A escala de vencimentos da primeira parcela ou cota única começa nesta segunda-feira (15) para os finais de placa 1 e 2, e segue ao longo da semana, se encerrando no dia 19, com os finais de placa 9 e 0. O valor depende do modelo do veículo. A consulta pode ser feita com o número do Renavam do veículo no site da Secretaria da Fazenda ou pelo telefone 155.

O pagamento em conta única dá direito a 3% de desconto e pode ser realizado  nos terminais de autoatendimento ou guichês do Bradesco, do Sicoob, do Mercantil do Brasil, da Caixa Econômica Federal, das Casas Lotéricas do Mais BB e do Santander.

Já a Taxa de Licenciamento custa R$ 39,36 para todos os veículos e vence no dia 1º de abril. Importante lembrar que para o Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLV) de 2024 ser emitido, todas as multas e débitos anteriores de IPVA e da Taxa de Licenciamento do veículo também precisam estar quitados. As multas também podem ser emitidas no site da SEF/MG e pagas pelo aplicativo do banco com o código de barras e com o “PIX copia e cola”.

Confira a escala de vencimentos:

Final de placa 1 e 2
Cota única/primeira parcela: 15 de janeiro
Segunda parcela: 19 de fevereiro
Terceira parcela: 18 de março

Final de placa 3 e 4
Cota única/primeira parcela: 16 de janeiro
Segunda parcela: 20 de fevereiro
Terceira parcela: 19 de março

Final de placa 5 e 6
Cota única/primeira parcela: 17 de janeiro
Segunda parcela: 21 de fevereiro
Terceira parcela: 20 de março

Final de placa 7 e 8
Cota única/primeira parcela: 18 de janeiro
Segunda parcela: 22 de fevereiro
Terceira parcela: 21 de março

Final de placa 9 e 0
Cota única/primeira parcela: 19 de janeiro
Segunda parcela: 23 de fevereiro
Terceira parcela: 22 de março

Arrecadação

A expectativa de arrecadação é de R$ 10,6 bilhões, R$ 500 milhões a mais, se comparado ao IPVA de 2023. O incremento se deve, principalmente, ao aumento de 2,88% na frota estadual, que subiu de 10.888.654 para 11.201.920 veículos registrados até outubro do ano passado.

Ainda em comparação ao IPVA 2023, o valor do imposto teve uma redução média de 3,37%, em função, principalmente, da depreciação do valor dos veículos usados.

Distribuição

Do total arrecadado, 40% vão para o caixa único do Estado, outros 40% são destinados aos municípios de emplacamento dos veículos e 20% vão para o Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb).

Fonte: O Tempo

  • Muzambinho.com
  • Muzambinho.com

Deixe um Comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *