• Muzambinho.com
  • muzambinho.com.br
  • Muzambinho.com
  • loja.muzambinho.com

Banco Central abre concurso com salário de R$ 20 mil; veja como se inscrever

Redação16 de janeiro de 20248min0
banco_central_1486752722
São ofertados 100 vagas são para nível superior distribuídas nas áreas de Economia, Finanças ou TI

O Banco Central do Brasil publicou edital, anunciando a abertura de um concurso público que oferece 100 vagas para o cargo de Analista para nível superior com atribuições relacionadas às áreas de Economia e Finanças ou Tecnologia da Informação (TI).

Dentre as oportunidades, 50 são destinadas à área de Tecnologia da Informação, enquanto as outras 50 são voltadas para profissionais ligados à Economia e Finanças.

O salário inicial é de R$ 20.924,80, conforme estabelecido pela Lei nº 11.890, de 2008, que dispõe sobre a remuneração dos servidores do Banco Central.

As inscrições estarão abertas no período de 22 de janeiro a 20 de fevereiro de 2024, com uma taxa de R$ 150.

A prova objetiva está agendada para o dia 19 de maio de 2024 e será realizada em todas as capitais do país.

O edital não especifica as regiões específicas para as quais as vagas estão destinadas. No entanto, menciona que a prova objetiva será realizada em todas as capitais do país, indicando que as oportunidades são destinadas a nível nacional.

Normalmente, concursos federais, como é o caso do Banco Central do Brasil, oferecem vagas para atuação em diferentes regiões do país, proporcionando uma distribuição mais ampla de servidores e atendimento às demandas em âmbito nacional.

O concurso é organizado pelo Cebraspe, que ficará responsável por conduzir todas as fases do processo seletivo.

O concurso representa uma oportunidade para profissionais que buscam uma carreira sólida no Banco Central.

Os interessados devem ficar atentos ao período de inscrição e realizar uma preparação adequada para as diferentes etapas do concurso para concorrer a uma das vagas.

Para mais informações, clique para acessar o edital do novo concurso do BC.

Confira as principais informações do edital abaixo:

Remuneração e benefícios

De acordo com o edital, o subsídio oferecido é de R$ 20.924,80, na forma da Lei nº 11.890, de 2008. A classe e padrão de ingresso são Classe A, Padrão I.

Isenção da taxa de inscrição:

Candidatos que se enquadram nos requisitos, como CadÚnico (conforme Decreto Federal nº 6.593/2008 e Decreto Federal nº 11.016/2022) e doadores de medula óssea em entidades reconhecidas pelo Ministério da Saúde (conforme Lei nº 13.656/2018), podem solicitar isenção da taxa de inscrição.

Cargos e vagas:

  • Analista – Área: Economia e Finanças
    Vagas: 50
    Jornada de trabalho: 40 horas semanais
    Requisitos: diploma de conclusão de nível superior em qualquer área de formação, devidamente registrado por instituição reconhecida pelo MEC.
  • Analista – Área: Tecnologia da Informação
    Vagas: 50
    Jornada de trabalho: 40 horas semanais
    Requisitos: diploma de conclusão de nível superior em qualquer área de formação, devidamente registrado por instituição reconhecida pelo MEC.

Cotas:

Conforme a Lei nº 12.990/2014, 20% das vagas serão destinadas a candidatos que se autodeclarem negros. Outros 5% são destinados a pessoas com deficiência (PcD), de acordo com a Lei nº 13.146/2015.

De acordo com o edital, as vagas reservadas às pessoas com deficiência poderão ser ocupadas por candidatos sem deficiência na hipótese de não haver inscrição ou aprovação de candidatos enquadrados nesse perfil.

No caso de não haver candidatos negros aprovados em número suficiente, as vagas remanescentes serão revertidas para ampla concorrência.

Etapas do concurso BACEN:

  1. Prova Objetiva
  2. Prova Discursiva
  3. Sindicância de Vida Pregressa
  4. Programa de Capacitação (Procap)
  5. Avaliação de Títulos
  6. Disciplinas da Prova Objetiva

Conhecimentos Básicos:

Língua Portuguesa: 25 questões

Noções de Estatística: 10 questões

Noções de Lógica e Estatística: 10 questões

Direito Administrativo: 05 questões

Fundamentos de Macroeconomia e Microeconomia: 10 questões

Conhecimentos Específicos – Tecnologia da Informação:

Ciência de Dados: 14 questões

Segurança da Informação: 07 questões

Engenharia de Software: 24 questões

Infraestrutura em TI: 17 questões

Bancos de Dados: 04 questões

Gestão em TI: 04 questões

Conhecimentos específicos – Economia e Finanças:

Macroeconomia: 18 questões

Microeconomia: 10 questões

Finanças: 18 questões

Estatística e Econometria: 12 questões

Contabilidade de Instituições Financeiras Padrão COSIF: 12 questões

Estrutura da prova objetiva:

Cada prova objetiva será composta por itens para julgamento, agrupados por comandos que devem ser respeitados. O julgamento de cada item será CERTO ou ERRADO, de acordo com o(s) comando(s) a que se refere o item.

Prova Discursiva:

As provas discursivas consistirão em uma dissertação sobre atualidades, com valor de 30,00 pontos, e uma questão dissertativa envolvendo situação-problema, com valor de 50,00 pontos, acerca de conhecimentos específicos do cargo/área.

Sindicância de vida pregressa:

Serão convocados para sindicância de vida pregressa todos os candidatos considerados aprovados nas provas discursivas.

O processo analisa o histórico, conduta e comportamento social de um indivíduo antes de sua participação em determinado processo seletivo ou admissão em cargo público.

No contexto do Banco Central do Brasil, a sindicância visa avaliar a idoneidade moral e social dos candidatos.

Programa de Capacitação (Procap):

O Procap, de caráter eliminatório e classificatório, será realizado em turmas, seguindo a ordem de classificação dos candidatos aprovados na primeira etapa do concurso.

Avaliação de títulos:

Serão convocados para a avaliação de títulos os candidatos aprovados nas provas discursivas e mais bem classificados considerando a soma da nota final nas provas objetivas e nas provas discursivas.

Títulos aceitos:

  • Diploma de curso de pós-graduação em nível de doutorado (título de doutor): valor 5,00 pontos.
  • Diploma de curso de pós-graduação em nível de mestrado (título de mestre): valor 3,00 pontos.
  • Certificado de curso de pós-graduação em nível de especialização, com carga horária mínima de 360 h/a: valor 1,00 ponto.

ATENÇÃO! Os títulos devem ser expedidos até a data de envio dos certificados.

Fonte: Itatiaia

  • Muzambinho.com
  • Muzambinho.com

Deixe um Comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *