• loja.muzambinho.com
  • Muzambinho.com
  • Muzambinho.com
  • muzambinho.com.br

Sisu 2024: MEC admite erro na divulgação dos resultados anteriores

Redação2 de fevereiro de 20244min0
sisu_resultado2801205930
Candidatos puderam acessar os resultados do sistema por 25 minutos, na última terça-feira (30/1), e muitos que estavam aprovados acabaram se frustrando quando os resultados oficiais foram divulgados

O Ministério da Educação (MEC) afirmou, nesta sexta-feira (2/2), que ocorreu uma divulgação indevida de resultados provisórios do Sistema de Seleção Unificada (Sisu). Os dados, como informa a pasta, ficaram disponíveis por 25 minutos.

Candidatos conseguiram acessar o site do Sisu 2024 na manhã de terça (30/1). Pouco depois das 9h, surgiram nas redes sociais imagens da tela, comprovando a aprovação de diversos estudantes.

O resultado oficial saiu diferente do provisório, com atraso, e algumas das pessoas que acreditaram ter sido aprovadas em uma instituição de ensino superior pública acabaram decepcionadas.

O MEC explicou que “houve uma divulgação indevida de resultados provisórios, ainda não homologados, durante 25 minutos da manhã do dia 31 de janeiro”.

“A ocorrência está sendo rigorosamente apurada. O sistema é seguro e os resultados oficiais não são modificados”, disse a pasta.

Prazo e lista de espera

Os estudantes aprovados têm até 7 de fevereiro para efetuarem a matrícula nos cursos. De acordo com a pasta, mais de 2 milhões de estudantes disputaram 264 mil vagas em 6.827 cursos de graduação nas instituições públicas participantes do Sisu e as listas de espera valerão para todo o ano.

“Candidatos não selecionados na chamada regular podem manifestar interesse em participar da lista de espera até o dia 7 de fevereiro”, finaliza o comunicado do MEC.

Grande absurdo

A União Nacional dos Estudantes (UNE) afirmou que irá lançar uma plataforma que reúna os relatos dos candidatos afetados pelo episódio para serem encaminhados ao Ministério.

“Isso é um grande absurdo. Amanhã lançaremos uma plataforma para os estudantes denunciarem esse tipo de situação que ocorreu com o INEP ao divulgar a lista do SISU. Todas as denúncias serão encaminhadas para o MEC e acompanhadas pela UNE. Não podem brincar com nossos sonhos!”, escreveu a organização no X (antigo Twitter).

Fonte: Estado de Minas

  • Muzambinho.com
  • Muzambinho.com

Deixe um Comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *