• loja.muzambinho.com
  • Muzambinho.com
  • Muzambinho.com
  • muzambinho.com.br

MG-459 será a primeira rodovia mineira a receber sistema de pedágio sem cancela – o ‘Free Flow’

Redação29 de fevereiro de 20245min0
image-15-1-768x432.jpg
A EPR Sul de Minas, concessionária que assumiu a administração de rodovias da região, entre elas a MG 290 e a MG 459, anunciou nesta quarta-feira (28) a implantação, em caráter experimental, do pedágio sem cancela, o chamado free flow. A praça será no Km 12,7 da rodovia que liga Ouro Fino a Monte Sião.

Esta será a primeira experiência deste tipo em Minas Gerais. O free flow é uma metodologia de passagem que não necessita da instalação dos modelos convencionais de praças de pedágio com cabines e cancelas de cobrança automática. É um sistema inovador que permite o fluxo contínuo de veículos, com mais segurança, além de trazer benefícios como agilidade e redução dos impactos ambientais.

“A EPR é uma empresa conectada, que está sempre à procura de soluções modernas para ampliar o desenvolvimento da região do Sul de Minas. Estamos muito confiantes no sucesso desse projeto que será implementado em caráter piloto nesta região”, explica José Carlos Cassaniga, diretor-presidente da EPR.

Como funciona

A estrutura do sistema free flow de pedágio sem cancela é um pórtico que recebe a instalação de câmeras e sensores que fazem a leitura da placa ou etiqueta eletrônica (tag) dos veículos. Os sensores localizados nas estruturas dos pórticos do free flow são capazes de identificar a altura, largura e comprimento, além da quantidade de eixos rodantes e suspensos e funcionam até mesmo em situações de baixa visibilidade e acostamento.

Para facilitar o pagamento da tarifa do pedágio, a recomendação é que os veículos estejam com a etiqueta eletrônica de cobrança (tag) previamente instalada no para-brisa, para que o valor seja faturado automaticamente. Empresas como Sem Parar, ConectCar, Veloe, Move Mais e Taggy, assim como instituições as financeiras – os bancos, disponibilizam este serviço por meio dos seus sites e aplicativos. Além disso com o tag os usuários também podem conseguir o Desconto de Usuário Frequente (DUF)

Já o condutor que não tiver a tag terá outras alternativas para fazer o pagamento do valor do pedágio em até 15 dias depois da passagem pelo pórtico ou pagar de forma antecipada e gerar um crédito de passagem com a concessionária. No formato digital, será possível efetuar o pagamento por meio do aplicativo e do site da EPR Sul de Minas www.eprsuldeminas.com.br/freeflow.

No modo presencial, o motorista poderá realizar o pagamento no totem da Bases de Serviços Operacionais (BSOs) da concessionária localizado no km 53 da MG-290, em Ouro Fino, em qualquer uma das demais sete praças de pedágio EPR e em estabelecimentos conveniados.

Caso o débito da passagem não seja quitado em até 15 dias após a passagem pelo free flow, o proprietário do veículo receberá uma multa por evasão de pedágio, que acarreta no pagamento de R$ 195,23 ao Governo do Estado, além de cinco pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

Campanha para informar a população

Até a conclusão da instalação pórtico e início da operação em caráter educativo, a EPR Sul de Minas e o Governo do Estado realizarão uma campanha educativa à população, informando como funciona o novo sistema free flow, seus benefícios e as formas de pagamento.

Fonte: Observatório de Ouro Fino

  • Muzambinho.com
  • Muzambinho.com
  • Aki Tem Muzambinho

Deixe um Comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *