• muzambinho.com.br
  • loja.muzambinho.com
  • Muzambinho.com
  • Muzambinho.com

Abono salarial: 1,6 milhão de trabalhadores recebem benefício nesta sexta; veja quem tem direito

Redação13 de março de 20243min0
Real Moeda brasileira
Estimativa é que R$ 1,77 bilhão seja pago aos trabalhadores

Tem início nesta semana o pagamento do abono salarial 2024, referente ao ano de 2022. O repasse da quantia é feita pela Caixa Econômica Federal e, neste mês, recebem aqueles nascidos em fevereiro.

O crédito do benefício é feito com referência ao mês de nascimento do trabalhador. Em março, serão pagos mais de R$ 1,77 bilhão aos trabalhadores.

Quem tem direito ao abono salarial?

Tem direito ao abono salarial o trabalhador inscrito no Programa de Integração Social ou Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (PIS/PASEP) há pelo menos cinco anos e que tenha trabalhado formalmente por pelo menos 30 dias em 2022, com remuneração média de até dois salários mínimos.

Por fim, também é preciso que os dados tenham sido informados corretamente pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais (RAIS).

Como sacar o benefício?

Trabalhadores vinculados a entidades e empresas privadas recebem o abono salarial pela Caixa Econômica Federal. Por sua vez, funcionários do setor público, que possuem a inscrição PASEP, recebem pelo Banco do Brasil.

O valor pode ser depositado automaticamente, para aqueles que utilizam as contas corrente e poupança da Caixa. Já os demais beneficiários têm acesso aos valores por meio da Poupança Social Digital.

O que é o abono salarial?

O abono salarial equivale ao valor de, no máximo, um salário mínimo a ser pago conforme calendário anual estabelecido pelo Conselho Deliberativo do Fundo de Amparo ao Trabalhador (Codefat) aos trabalhadores que satisfaçam os requisitos previstos em lei.

Em 2024, os valores do benefício variam conforme a quantidade de dias trabalhados durante o ano-base 2022.

Canais de Atendimento

Dúvidas relativas ao processamento das informações sociais do trabalhador (RAIS/eSocial), identificação, concessão e valor do benefício devem ser verificadas nos canais de atendimento do Ministério do Trabalho e Emprego.

Fonte: Itatiaia

  • Muzambinho.com
  • Muzambinho.com
  • Aki Tem Muzambinho

Deixe um Comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *