• Muzambinho.com
  • muzambinho.com.br
  • Muzambinho.com
  • loja.muzambinho.com

Saiba quando o cartão de resposta do Enem dos Concursos estará disponível

Redação30 de abril de 20246min0
concurso_unificado_83127
Exames serão realizados no próximo domingo, 5 de maio

O cartão de resposta das provas do Concurso Nacional Unificado estará disponível no site oficial da seleção (gov.br/concursonacional) no dia 3 de junho, informou o Ministério da Gestão e Inovação em Serviços Públicos (MGI). Os exames serão realizados no próximo domingo, 5 de maio, de manhã e à tarde, em 228 cidades do país, incluindo todas as capitais. Ao todo, há 2,1 milhões de inscritos disputando 6.640 vagas em 21 órgãos públicos. É o maior concurso do tipo já realizado.

A polêmica envolvendo as provas, que não poderão ser levadas para casa por questões de segurança, tomou conta da internet na última semana. Esses documentos, no entanto, serão disponibilizados em PDF na página do concurso, às 20h do dia 5.

O candidato não pode anotar nada no cartão de confirmação do concurso, que deverá ser impresso e levado no dia do exame. Se fizer isso, estará eliminado. Desta forma, não há como anotar suas respostas e terá de esperar até 3 de junho para ver seu gabarito.

A prova será realizada em dois horários diferentes. O exame da manhã começará às 9h (horário de Brasília), com a abertura dos portões às 7h30 e o fechamento será 8h30. A duração será de 2h30.

No mesmo dia ocorrerá a segunda prova, que começará às 14h30, com os portões abrindo às 13h e fechando às 14h. Os concorrentes terão 3h30 para entregar o teste. Segundo o MGI, os candidatos deverão deixar o local de prova no intervalo dos dois exames.

COMO SERÁ O RECURSO

O recurso deve ser feito somente através do site oficial do CNU e será disponibilizado um item chamado Interposição de Recursos no item “Área do candidato”. No recurso, o candidato não deve se identificar e precisa preencher as informações solicitadas. Não serão aceitos os pedidos enviados por email, fax, Correios ou após o dia 8 de maio.

A imagem digital das provas discursivas será disponibilizada em 21 de junho, e o pedido de revisão poderá ser feito entre 21 e 22 de junho.

O QUE LEVAR NO DIA DA PROVA?

No dia do exame, o candidato deverá levar caneta preta transparente e não serão permitidas canetas de outras cores, lápis, borracha e outros.

É proibido o uso de boné, chapéu, gorro, óculos escuro ou similares, protetores auriculares ou fones de ouvido durante a prova. Celulares e relógios deverão ser guardados nos envelopes porta-objetos, que serão fornecidos pelos fiscais de sala. Os celulares devem ser desligados antes de serem guardados.

Será solicitada a apresentação de um documento de identificação com foto. Ele deve ser original e não serão aceitas cópias ou autenticações. Os documentos podem ser os seguintes:

– Carteiras expedidas pelos Comandos Militares, pelas Secretarias de Segurança Pública, pelos Institutos de Identificação e pelos Corpos de Bombeiros
– Carteiras expedidas pelos órgãos fiscalizadores de exercício profissional (Ordens, Conselhos)
– Cartão de identidade do trabalhador
– Passaporte brasileiro Certificado de reservista ou dispensa de incorporação (com foto)
– Carteiras funcionais do Ministério Público
– Carteiras funcionais expedidas por órgão público, que, por Lei Federal, valham como identidade
– Carteira de trabalho CNH (Carteira Nacional de habilitação), somente modelo com foto aprovado pelo artigo 159 da Lei nº 9.503, de 23 de setembro de 1997)
– Documentos digitais, com foto e assinatura (e-Título, CNH digital e RG digital) apresentados nos respectivos aplicativos oficiais.
Não serão aceitos como documentos para identificação de candidato:
– Cópia do documento de identidade, ainda que autenticada, ou protocolo do documento de identidade
– Certidões de nascimento CPF (Cadastro de Pessoa Física)
– Título do eleitor (impresso ou sem foto) Carteiras de motorista (modelo sem foto)
– Carteiras de estudante
– Carteiras funcionais sem valor de identidade RANI (Registro Administrativo de Nascimento Indígena)
– Documentos ilegíveis, não identificáveis e/ou danificados.

(CRISTIANE GERCINA E FERNANDO NARAZAKI/Folhapress) 

  • Muzambinho.com
  • Muzambinho.com
  • Aki Tem Muzambinho

Deixe um Comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *