• muzambinho.com.br
  • Muzambinho.com
  • loja.muzambinho.com
  • Muzambinho.com

Brasil terá em breve novo alerta de emergência por notificação no celular

Redação21 de maio de 20244min0
alerta-celular-4362864
O Brasil terá em breve um novo sistema de alertas para situações de emergência como tempestades, alagamentos e deslizamentos. A ideia é que a plataforma seja lançada em caráter experimental ainda neste primeiro semestre de 2024.

De acordo com o Valor Econômico, o anúncio aconteceu durante o evento G20 no Brasil nesta quinta-feira (16). A conferência tratou de novos desafios climáticos, tendo como principal exemplo as enchentes enfrentadas há dias no Rio Grande do Sul.

Segundo o diretor do Centro Nacional de Gerenciamento de Riscos e Desastres (Cenad), Armin Augusto Braun, inicialmente dez cidades terão acesso ao recurso. Os municípios escolhidos ainda não foram divulgados.

Como funciona o novo sistema de alerta

A tecnologia citada pelo diretor do Cenad se chama cell broadcast e já está aprovada pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) ao menos desde o ano passado. Segundo a estimativa inicial do órgão, ela já deveria ter estreado em dezembro.

O cell broadcast funciona por meio de uma notificação em pop-up nos celulares de quem está na região afetada. A mensagem é bastante objetiva, informando qual a condição climática adversa e o local que passa por problemas, além de orientar os moradores a deixar ou não tentar acesso ao local.

Um exemplo de mensagem no formato cell broadcast.Um exemplo de mensagem no formato cell broadcast.Fonte:  Anatel 

A responsável pelos textos é a defesa civil estadual e municipal da região. Antes da implementação, os agentes serão capacitados pelo Ministério da Integração e do Desenvolvimento Regional para aproveitar todos os recursos do sistema.

O sistema se diferencia dos atuais alertas da Defesa Civil que fazem um trabalho parecido. Neste caso, porém, é necessário fazer um cadastro prévio, enquanto o novo serviço faz o envio em massa de forma imediata e sem precisar de autorização dos usuários.

Fonte: TecMundo

  • Muzambinho.com
  • Muzambinho.com
  • Aki Tem Muzambinho

Deixe um Comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *