• Muzambinho.com
  • loja.muzambinho.com
  • muzambinho.com.br
  • Muzambinho.com

Como ser feliz? 5 hábitos para conquistar a verdadeira felicidade.

Redação3 de junho de 20246min0
Tamyres3624
Tamyres Fontes

O significado de felicidade é, até certo ponto, subjetivo, e cada um tem uma visão sobre ela. Pode ser resultado de pequenas ações e acontecimentos do dia a dia que geram prazer e ânimo para viver, ou mesmo a capacidade de estar em harmonia consigo mesmo e aceitar a vida com todas as suas nuances, os altos e baixos, dores e prazeres.
É importante entender que ela vem da jornada, e não de um momento raro e extraordinário.
Para ajudá-lo nessa tarefa, conversamos com especialistas que dedicam suas carreiras a estudar o tema felicidade. A seguir, eles dividem quais hábitos diários mantêm para se sentirem mais felizes.

1. Faça um diário de gratidão
Registre, ao fim de cada dia, três acontecimentos positivos. “Algo que faço rotineiramente é agradecer por aquilo que hoje é uma realidade, mas já foi conquista e um dia foi sonho, como ter um lugar para morar e poder viajar. É um mecanismo de manter o encantamento e o valor do que nos cerca”, conta Rossandro Klinjey, psicólogo e autor de “Eu Escolho Ser Feliz”.
Para Vanessa Rodrigues, professora da disciplina Felicidade na Unicamp, escrever diariamente sobre coisas pelas quais somos gratos nos faz valorizar o tempo presente, diminui a ansiedade, melhora o humor e a qualidade do sono e nos alerta para algo fundamental: reconhecer que temos motivos para sermos felizes no agora, e não apenas no futuro, como costuma acontecer.

2. Foque no presente
Construir um bom estado de presença é fundamental para que possamos saborear os pequenos prazeres da vida, mas não é só isso.
“Quando estamos presentes, fazemos escolhas melhores, reclamamos menos e temos a tendência de ver mais o positivo do que o negativo das situações. Práticas de mindfulness, respiração e meditação são muito úteis, mas a verdade é que qualquer atividade serve para essa prática, basta você concentrar sua atenção no que está fazendo no momento”, recomenda Gustavo Arns, idealizador do Congresso da Felicidade.

3. Tenha um “kit de primeiros socorros” das emoções positivas
Carla Furtado, fundadora do Instituto Feliciência, defende que cada pessoa deve ter em seu “kit de primeiros socorros”, uma atividade capaz de fomentar emoções positivas. Para ela, essa atividade é cozinhar. “É um exercício de criatividade que me desacelera e estimula a conexão, porque bom mesmo é alimentar quem a gente ama”, afirma.

4. Faça outras pessoas felizes
Fazer outras pessoas felizes é o que traz satisfação para Luiz Gaziri, autor dos livros “A Ciência da Felicidade” e “Os Sete Princípios da Felicidade”.
“Uma das formas mais fáceis de ter emoções positivas é interagir com estranhos. Por isso, saio puxando papo com caixas de mercado, frentistas de posto, funcionários do clube que frequento, motoristas de Uber e recepcionistas de hotel, em todas as minhas andanças palestrando pelo Brasil. Tento fazer todo mundo que passa pelo meu dia expressar um sorriso e se sentir valorizado”, relata.
Não é à toa que uma unanimidade entre os cientistas é a de que os relacionamentos são o maior preditor de felicidade. Por isso ficamos mais felizes quando ajudamos colegas no trabalho, expressamos nossa gratidão por quem nos apoia, interagimos com qualidade com nossos amigos e familiares e, inclusive, quando gastamos dinheiro com os outros.
Fazer as outras pessoas felizes é o que possibilita nossa felicidade individual. Luiz Gaziri
5. Mantenha a saúde mental em ordem
Vale ainda ressaltar que o principal alicerce para uma vida feliz é ter a saúde mental em ordem.
“Cuidar da mente é como andar de bicicleta: exige esforço e movimento constante, senão ela tomba. Em outras palavras, para viver bem, temos que trabalhar a nosso favor, sempre e sem parar”, diz Arthur Guerra, psiquiatra e coautor do livro “Você Aguenta Ser Feliz?”.
Isso também é investir no autoconhecimento. “Sem ele, corremos atrás de ilusões que nos trazem ansiedade e frustração, nos deixando cada vez mais longe de uma felicidade profunda e duradoura”, afirma Gustavo Arns.

  • Muzambinho.com
  • Muzambinho.com
  • Aki Tem Muzambinho

Deixe um Comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *