• muzambinho.com.br
  • Muzambinho.com
  • loja.muzambinho.com
  • Muzambinho.com

O Tempo: a marca do invisível

Redação11 de junho de 20245min0
por Edson Carlos de Sena

Como lidar com o tempo? Essa é uma questão que nos chama a tenção e sua resposta pode ser desejada por muitos, não é verdade? Você sabe qual é a melhor forma de lidar com o tempo? Se sim, qual seria sua resposta? Muitos podem dizer que a melhor forma de lidar com o tempo é se deixar levar sem preocupações. Outros poderiam dizer que a melhor forma de lidar com o tempo e se cuidar bem. Outros podem dizer que a resposta mais perfeita é amar. Amar a si mesmo e as outras pessoas.

É, como é complexo responder perguntas sobre o tempo e principalmente a melhor forma de lidar com ele. Mas o tempo deixa, independente do que fazemos, suas marcas em nós. E não temos como nos esconder do tempo.

O tempo é invisível, mas é real. Não podemos negar a sua existência, pois mesmo que fizéssemos todo esforço para não lhe dar a tenção, ele continua reinando e movendo o mundo.

Muitas pessoas temem a passagem do tempo e correm o tempo todo contra sua corrente que deixa marcas em nossos corpos, em nossas mentes e, por que não dizer, em nossos corações.

Há pessoas que temem o tempo também porque ele nos “rouba” muitas coisas. O tempo leva nossa juventude, as pessoas que amamos e, por fim, as nossas vidas, não é verdade? Mas o medo do tempo não é saudável.

Então, como lidar com o tempo? A melhor forma de lidar com o tempo é aproveitar seus benefícios, como a sabedoria provinda das experiências. O tempo é amigo de quem se deixa ser amigo dele e ele é inimigo daqueles que o tornam seus inimigos.

Temos que aprendermos a sermos amigos do tempo para podermos sermos felizes. Pois nossa felicidade depende da forma de como vemos e lidamos com ele. Não poderemos ser felizes se não sabermos como nos unirmos ao tempo. Sim, temos que nos unir ao tempo e aprendermos seus ensinamentos. O tempo é sábio e torna sábios seus amigos.

Muitas pessoas podem testemunhar que suas vidas mudaram, e para melhor, depois que elas se reconciliaram com tempo, ou seja, quando o aceitaram como ele é e tomaram seus ensinamentos para suas vidas.

O tempo, em quanto um ser, não muda e suas maior missão é mudar as coisas, ou seja, mudar tudo. E temos que aceitar a missão do tempo que é nos mudar. Mas isso não significa viver uma vida inerte, mas significa cuidar bem de nós mesmos e de quem amamos, mas sabendo que tudo é um espetáculo irrepetível e contínuo e que os atores, que somos nós, têm tempo único e finito de apresentação.

Se você vive uma forte luta contra o tempo, mude de lado e passe a ser amigo dele, como? Aceitando que ele faça em você sua obra prima, mesmo que os outros não sejam favoráveis a esse novo estilo de vida que você vai viver. Mas faça tudo para ter uma vida saudável, mas não tema as mudanças do grande artista: o tempo.

“Ó tempo eu quero te ver diferente!

Quero ser mais sábio.

Tempo, tu és meu mestre.

Aprendi ser teu discípulo.

Quero tua sabedoria.

Mas se no caminho, eu me desviar.

Faça-me retornar.

Tu me marcaste no corpo e na alma.

A cada dia, eu sou uma nova obra de arte.

Quero aprender aceitar ser também obra prima e não somente autor (a).

Eu te agradeço pela tua existência que faz possível a minha existência.”

  • Muzambinho.com
  • Muzambinho.com
  • Aki Tem Muzambinho

Deixe um Comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *