• Muzambinho.com
  • Muzambinho.com
  • Muzambinho.com

Época da Seca e o problema das Queimadas.

Ivaldir Chagas - Paulista31 de julho de 20183min0
Sem Título-1

Todos os anos esse problema se repete aqui na nossa região e em boa parte do Brasil, e tem aumentado suas proporções ultimamente, devido à época da Seca que para nós Mineiros que vai de Abril a Setembro, onde, naturalmente chove pouco e com a consequência do inverno com baixas temperaturas, que queimam as pastagens, tornando assim tudo seco inclusive com baixa URA (Umidade relativa do Ar).

Algumas providências podem ser tomadas, que podem evitar problemas maiores quando da queima das pastagem e até mesmo das lavouras de café que margeiam as estradas e ou outras culturas, onde as queimadas espontâneas e até mesmo criminosas ocorrem com frequência e trazem prejuízos financeiros para o produtor rural e grande prejuízo para nossa Fauna e Flora, problemas respiratório aos humanos, principalmente as crianças (Fuligem).

O Aceiro é uma das medidas preventivas que pode ser tomada afim de se evitar as queimadas.
O mesmo pode ser feito de forma mecânica com trator usando o arado e a lâmina e ou com roçadeira costal em torno da área a se proteger e evitar as queimadas.

Busca-se assim em limpar uma área onde o fogo não passe ou pule, o fogo não ache material para se locomover.
Como os produtores já sabem onde esse risco ocorre com maior frequência, o Aceiro deve ser feito já no início de Abril com o arado do trator e ou as roçadeiras costais em um distância considerável onde o fogo não pule para a sua área de cultura ou pastagem e continuar a ser refeito até o início das chuvas no fim de Setembro e começo e Outubro.
Com diz o velho ditado Mineiro, melhor prevenir do que remediar.

Ivaldir Donizetti das Chagas
Prof. História e Quimica
Fitotecnica em Cafeicultura- CREA-MG 160847B

35-991215966 (TIM) WhatsApp
35-999020932 OI
35-35713800 Fixo

Ivaldir Chagas - Paulista


  • Muzambinho.com
  • Muzambinho.com
  • Muzambinho.com
  • Muzambinho.com

Deixe um Comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *