• Muzambinho.com
  • muzambinho.com.br
  • muzambinho.com.br
  • Muzambinho.com

Preços do petróleo caem quase 3% por receios sobre demanda na China

Julia Toledo9 de agosto de 20182min0
df
Investidores reagiram ao aumento da disputa comercial entre os Estados Unidos e China.

Os preços do petróleo caíram cerca de 3% nesta quarta-feira (8), com a escalada da disputa comercial entre os Estados Unidos e a China e depois de dados chineses de importação terem mostrado uma desaceleração da demanda no setor de energia.

Os futuros do petróleo Brent caíram US$ 2,37, para US$ 72,28 por barril, uma perda de 3,17%.

O petróleo dos EUA (WTI) recuou US$ 2,23, ou 3,22%, a US$ 66,94 o barril. A mínima da sessão de US$ 66,32 foi o nível mais baixo desde 22 de junho.

A China vai impor tarifas adicionais de 25% sobre US$ 16 bilhões em produtos importados dos EUA, desde combustível e aço a automóveis e equipamentos médicos.

A escalada da guerra comercial atingiu os mercados globais, e investidores temem um corte na demanda por commodities.

“A guerra comercial sino-norte-americana deve piorar, e o seu impacto nos preços do petróleo será gradual conforme a situação se desenvolve”, disse Abhishek Kumar, analista sênior de energia na Interfax Energy. “O petróleo e os produtos refinados afetados pelas tarifas adicionais irão reduzir a sua competitividade no mercado chinês.”

As importações chinesas de petróleo se recuperaram ligeiramente em julho, após duas quedas mensais seguidas, mas permaneceram baixas devido a uma queda na demanda de refinarias menores e independentes.

Os embarques para o maior importador de petróleo do mundo no mês passado subiram para 8,48 milhões de barris por dia (bpd), de 8,18 milhões de bpd um ano antes e 8,36 milhões de bpd em junho, mostraram dados alfândegários. No entanto, as importações de julho ainda foram as terceiras mais baixas até agora neste ano.

 

Fonte: G1.com.br

  • Muzambinho.com
  • Muzambinho.com
  • Muzambinho.com
  • Muzambinho.com

Deixe um Comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *