• Muzambinho.com
  • muzambinho.com.br
  • Muzambinho.com
  • muzambinho.com.br

Café em Foco, 17/08, Cotações e Informaçõe

Redação17 de agosto de 201821min0
caafe
Cotações de Fechamento do Mercado.

Bolsa de NY fecha a semana com queda acumulada de 5,42% e quase perde patamar de US$ 1/lb com câmbio

Os futuros do café arábica na Bolsa de Nova York (ICE Futures US) encerraram a sessão desta sexta-feira (17) com queda de cerca de 50 pontos. O mercado voltou a ser fortemente pressionado pelo câmbio e quase perdeu o patamar de US$ 1 por libra-peso. Na semana, a baixa acumulada foi de 5,42%.

O vencimento setembro/18 encerrou a sessão com queda de 50 pontos, cotado a 101,20 cents/lb e o dezembro/18 registrou 104,70 cents/lb com recuo de 65 pontos. Já o contrato março/19 teve baixa de 60 pontos, a 107,95 cents/lb e o maio/19 anotou 110,30 cents/lb com desvalorização de 60 pontos.

Com o fechamento desta sexta, o mercado completa a oitava queda consecutiva e, segundo informações da Reuters internacional, o segundo vencimento do grão no terminal chegou a tocar mínimas de 2008. A principal pressão aos preços externos segue sendo da desvalorização do real

“Os fundos e os especuladores estão ávidos para vender este mercado”, disse Carlos Mera, analista sênior do Rabobank, para a agência de notícias. Os especuladores têm grandes apostas baixistas na commodity. O dólar tem se valorizado forte nos últimos dias.

Nesta sexta, a moeda encerrou o dia com alta de 0,24%, a R$ 3,9147 na venda, distante da máxima do dia. O mercado trabalhou com cautela diante da cena política local após maior alívio diante das tensões com China e Estados Unidos. Na semana, a alta acumulada da divisa foi de 1,31%.

As oscilações cambiais impactam diretamente nas exportações do café e refletem nos preços externos e internos do grão. O Brasil é o maior produtor e exportador de café. De acordo com destaque da Volcafe, os preços praticados pelo café no momento chegam a ficar abaixo dos custos de produção em origens brasileiras.

Em atenção ao dólar e fatores técnicos, o mercado do arábica ignorou informações fundamentais. As chuvas acumuladas dos últimos em áreas produtoras de café do Brasil fizeram com que floradas precoces fossem registradas em lavouras das variedades arábica e conilon e envolvidos acompanham atentamente a condição.

“Lavouras de arábica estavam começando a mostrar estresse, devido à falta de chuva nos últimos meses. Algumas precipitações foram relatadas há uma semana, mas não chove desde então e há preocupações com a florada precoce”, disse em relatório na segunda-feira (13) o analista e vice-presidente da Price Futures Group, Jack Scoville.

Enquanto dúvidas sobre a próxima temporada começam a surgir no mercado do café, a colheita da safra 2018/19 caminha para a finalização. A consultoria Safras & Mercado divulgou nesta quinta-feira os trabalhos atingiram 88% até o dia 14 de agosto. No conilon, os trabalhos já foram finalizados. O avanço foi de pouco mais de cinco pontos percentuais de uma semana para a outra.

Na semana passada, até o dia 9 de agosto, a comercialização estava em cerca de 38% de uma produção estimada em 60,5 milhões de sacas, segundo a consultoria.

Mercado interno
O mercado brasileiro de café seguiu com negócios isolados no Brasil durante a semana. Os preços nesta sexta-feira acompanharam a queda externa ou ficaram próximos da estabilidade. “Apesar de a liquidez seguir baixa, os avanços do dólar e das cotações externas do arábica impulsionaram os preços internos do arábica nos últimos dias, cenário que permitiu o fechamento de alguns negócios no spot”, disse o Cepea (Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada, da Esalq/USP).

O café tipo cereja descascado registrou maior valor de negociação em Franca (SP) com saca a R$ 460,00 – estável. Não houve oscilações no dia dentre as praças.

O tipo 4/5 registrou maior valor de negociação em Franca (SP) com saca cotada a R$ 440,00 – estável. Não houve oscilações no dia dentre as praças.

O tipo 6 duro anotou maior valor de negociação em Vitória (ES) com saca R$ 435,00 – estável. A maior oscilação no dia dentre as praças verificadas ocorreu no Oeste da Bahia (AIBA) com baixa de 1,19% e saca a R$ 415,00.

Na quinta-feira (16), o Indicador CEPEA/ESALQ do arábica tipo 6, bebida dura para melhor, teve a saca de 60 kg cotada a R$ 416,55 e queda de 1,85%.

Por: Jhonatas Simião – Notícias Agrícolas

INDICADOR CEPEA – Café

ProdutoPreçoVariação
Café Arábica415,24-0,31%

Fechamento: 17/08/2018

 

Cotações da Bolsa de Londres (LIFFE)

Contrato – MêsFechamento (US$ / ton)Variação (pontos)
Setembro/181,643,00-25
Novembro/181,560,00-36
Janeiro/191,551,00-35
Março/191,558,00-36

Fechamento: 17/08/2018

 

Cotações da Bolsa de Nova Iorque

Contrato – MêsFech. INOFechamento (R$/saca(60,5Kg)Variação (Pontos)
Setembro/18
101,20523,96-50
Dezembro/18104,70542,08-65
Março/19107,95558,90-60
Maio/19110,30571,07-60
Julho/19112,70583,50-60
Setembro/19115,10595,92-55
Dólar: R$ 3,9140Euro: U$ 1,1408

Fechamento: 17/08/2018

 

Cotações da Bolsa de São Paulo – BM&F

Contrato – MêsFech. INOFechamento (R$/saca(60,5Kg)Variação (Pontos)
Setembro/18
122,00477,51+65
Dezembro/18122,80480,64+50
Março/18125,75492,19+25
Maio/19-0

Fechamento: 17/08/2018

 

Café Cereja Descascado – Mercado Físico

MunicípioPreço R$ Saca de 60 kgVariação (%)
Guaxupé/MG
456,000,00
Poços de Caldas/MG444,000,00
Patrocínio/MG455,000,00
Varginha/MG450,000,00
Esp. Sto. do Pinhal/SP450,000,00

Fechamento: 17/08/2018

 

Café Arábica – Mercado Físico (Tipo 4/5)

MunicípioPreço R$ Saca de 60 kgVariação (%)
Poços de Caldas/MG
424,000,00
Varginha/MG 420,000,00
Franca/SP440,000,00

Fechamento: 17/08/2018

 

 Arábica – Mercado Físico (Tipo 6 duro)

MunicípioPreço R$ Saca de 60 kgVariação (%)
Guaxupé/MG423,000,00
Poços de Caldas/MG414,000,00
Patrocínio/MG425,000,00
Araguarí/MG430,000,00
Varginha/MG415,000,00
Esp. Sto. do Pinhal/SP420,000,00
Franca/SP430,000,00
Oeste da Bahia/AIBA420,00-1,19

Fechamento: 17/08/2018

  • Muzambinho.com
  • Muzambinho.com
  • Muzambinho.com
  • Muzambinho.com

Deixe um Comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *