• muzambinho.com.br
  • Muzambinho.com
  • Muzambinho.com
  • muzambinho.com.br

Procafé: Viveiro de mudas de café a pleno sol

Julia Toledo27 de setembro de 20182min0
Texto_3879
As mudas de café são, usualmente, formadas em viveiros sob meia sombra. No entanto, elas também podem ser conduzidas, com cuidados, sem sombra, a pleno sol.

A sombra nas mudas tem a finalidade de tornar o ambiente mais favorável ao crescimento delas, já que, quando as plantas de café estão novas, com folhas totalmente expostas, a fotossíntese é maior com menor luminosidade. Por isso que se utiliza a cobertura superior do viveiro, com uso de sombrite, palhas de coqueiro, bambus etc.

A formação de mudas a pleno sol tem a vantagem de economia em toda a estrutura do viveiro, esteios, travessas, arame, material de sustentação e de cobertura. Além disso, as mudas, assim formadas, ficam com caule mais grosso e mais ambientadas, com melhor pegamento e desenvolvimento inicial no campo.

Nas propriedades, onde as mudas são formadas em menor quantidade, e, mesmo, em viveiros comerciais, é viável formar mudas a pleno sol. Os cuidados, a serem adotados, são – 1) Não formar mudas em período de inverno onde ocorrem geadas, pois elas, sem cobertura, ficarão mais sujeitas à queima. 2) Prover bom sistema de irrigação, se possível com micro-aspersão. 3) Retirar a cobertura, de capim ou sacaria, colocada sobre os canteiros, logo que as sementes iniciarem sua germinação, para evitar queima, pelo sol, nos joelhos das mudinhas. 4) Adubar com nitrogênio desde o surgimento da orelha de onça, pois a enzima nitrato-redutase, que promove o aproveitamento do N, é menos ativa com maior luminosidade.

Como se pode ver, com a adoção de cuidados, fica mais simples e econômico produzir mudas de café a pleno sol, sem falar na sua melhor qualidade. Destaca-se, nesse aspecto qualitativo, uma melhor relação sistema radicular/parte aérea, com maior quantidade de raízes nas mudas a pleno sol, em relação às mudas de sombra.

J.B. Matiello e J.E. P. Paiva- Engs Agrs Fundação Procafé

Fonte: Procafé/Notícias Agrícolas

  • Muzambinho.com
  • Muzambinho.com
  • Muzambinho.com
  • Muzambinho.com

Deixe um Comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *