• Grão de Ouro
  • Muzambinho.com
  • Muzambinho.com
  • Muzambinho.com
  • Muzambinho.com
  • Café Santa Cruz

Aluguel de imóveis durante o verão sobe até 390% no litoral de SP

Julia Toledo9 de janeiro de 20194min0
pitangueiras-5-2
Apartamentos que custavam R$ 737 por diária em 2018 passaram a custar R$ 2.700 na atual temporada.

Alugar um imóvel em Guarujá, no litoral de São Paulo, pode custar até 390% mais caro em relação às férias de verão de 2018. De uma diária média de R$ 550, a locação de apartamentos de três dormitórios passou para R$ 2.700 no período entre os meses de janeiro e fevereiro.

Os dados integram a pesquisa realizada pelo Conselho Regional de Corretores de Imóveis do Estado de São Paulo (CreciSP), que teve como base 29 imobiliárias de Ubatuba, São Sebastião, Ilhabela, Caraguatatuba, Bertioga, Santos, Guarujá, Praia Grande, Peruíbe e Mongaguá.

Para o delegado regional do CreciSP, Carlos Ferreira, Guarujá bateu todos os recordes de aumento – até o ano passado as cidades campeãs do ranking ficavam no litoral norte – devido à proximidade com a Capital. “Vai depender do bolso da pessoa. Se quiser gastar menos, ela vai para o litoral sul”, destaca.

Segundo Ferreira, para economizar, é importante alugar com antecedência. “Assim, a pessoa pode fazer uma contraproposta. Além de alugar em uma localização melhor, vai pagar menos”, afirma.

Ele alerta que é preciso procurar um profissional e, para quem optar por alugar diretamente com o proprietário, é preciso contar com alguém de confiança para visitar o imóvel antes de fazer o depósito. “É importante procurar um corretor de imóveis para não cair na mão de estelionatários. É diferente de você depositar um valor na conta de uma pessoa que você nem conhece”.

Preços mais baixos
Mesmo com aumento de até 60%, as cidades do litoral sul oferecem as opções mais baratas. Em Praia Grande e Peruíbe, os apartamentos tipo quitinete são os que têm as diárias mais em conta: o preço passou de R$ 150 para R$ 240.

No litoral sul também foi registrada a segunda diária mais barata. Apartamentos de um dormitório são ofertados em média por R$ 300 diários, em relação aos R$ 230 da temporada anterior.

Litoral Norte
Ubatuba e São Sebastião, no litoral norte, também estão na lista das cidades que registraram os maiores aumentos. As diárias de apartamentos de dois dormitórios, por exemplo, passaram da média de R$ 410 para R$ 1.800.

Houve aumento, ainda, no aluguel de apartamentos de três dormitórios. De R$ 737, passaram a ser oferecidos por R$ 2.700. Apartamentos menores, com dois dormitórios, estão na faixa de R$ 1.800, frente aos R$ 500 cobrados no ano passado.

Nessa faixa do litoral, todos os tipos de casas que as imobiliárias têm em oferta para alugar também estão com diárias mais caras, começando pelas de um dormitório. De R$ 313, em média, o preço subiu para R$ 800.

 

Fonte: G1.com.br

  • Muzambinho.com
  • Muzambinho.com
  • Muzambinho.com
  • Muzambinho.com
  • Muzambinho.com
  • Muzambinho.com
  • Muzambinho.com

Deixar um Comentário

Seu email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *