• Muzambinho.com
  • Muzambinho.com
  • Muzambinho.com

Deputado Federal defende trabalhadores rurais na Reforma da Previdência

Redação6 de fevereiro de 20192min0
DepVilson1
O nome de Vilson já foi indicado pela bancada do PSB para integrar a comissão responsável por discutir a MP no Congresso.

Um dia após a sessão solene que inaugurou de forma oficial os trabalhos da atual legislatura na Câmara dos Deputados e no Senado, o deputado federal Vilson da Fetaemg (PSB-MG) visitou nesta terça-feira, em sua primeira agenda oficial como parlamentar, o secretário especial da Previdência e Trabalho do Ministério da Economia, Rogério Marinho.

Vilson manifestou ao secretário sua preocupação quanto ao texto da Medida Provisória 871/19, que restringe a atuação dos sindicatos e prejudica principalmente os trabalhadores e trabalhadoras rurais, pois dificulta a comprovação de atividade laboral. De acordo com o deputado, que é também presidente da maior federação de trabalhadores rurais da América Latina, a Fetaemg, é necessária a participação da sociedade civil organizada neste debate. O nome de Vilson já foi indicado pela bancada do PSB para integrar a comissão responsável por discutir a MP no Congresso.

Outro tema do encontro foi a Reforma da Previdência. O deputado voltou a defender os direitos de quem vive e trabalha no campo. “Apresentei ao secretário a necessidade de que os trabalhadores rurais possam se aposentar com uma idade diferenciada em relação a quem vive na cidade, dadas as difíceis condições de trabalho no campo e a baixa idade com a qual começamos a trabalhar. Ao final da reunião, ficou estabelecido que manteremos em aberto este canal de diálogo com o governo no sentido de chegarmos a um texto final da Medida Provisória que combata as possíveis fraudes e ao mesmo tempo preserve os direitos do homem e da mulher do campo, para que assim eles possam ter acesso a uma aposentadoria digna”, afirmou Vilson da Fetaemg

Assessoria de Comunicação – Deputado Federal Vilson da Fetaemg

  • Muzambinho.com
  • Muzambinho.com
  • Muzambinho.com
  • Muzambinho.com
  • Muzambinho.com
  • Muzambinho.com
  • Muzambinho.com

Deixar um Comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *