• Muzambinho.com
  • Muzambinho.com
  • Muzambinho.com

Minas Gerais receberá R$ 930 milhões em linhas de transmissão

Redação20 de dezembro de 20193min0
linha_de_transmissão123790
Investimentos privados garantirão melhor acesso dos mineiros à energia elétrica

O Estado de Minas foi contemplado com dois lotes do leilão realizado pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneeel) para investimentos em linhas de transmissão. Isso significa que serão investidos R$ 930 milhões na construção de 411 quilômetros de linhas de transmissão, conforme dados da agência. O leilão superou as expectativas com número expressivo de interessados.

Os investimentos melhorarão o acesso dos mineiros à energia elétrica, gerando confiabilidade maior do sistema. Além disso, haverá geração de novos postos de trabalho, seja na fase das obras ou quando as linhas estiverem prontas.

Pelas redes sociais, o governador Romeu Zema ressaltou a relevância da medida. “Minas vai receber R$ 930 milhões em investimentos em transmissão de energia. Os recursos são da iniciativa privada. Conforme leilão federal, serão construídos 411 quilômetros de linhas para melhorar a distribuição no interior, incluindo cidades do Triângulo e a ligação com o Rio”, afirmou.

Segundo a Aneel, as empresas vencedoras terão direito ao recebimento da Receita Anual Permitida para a prestação do serviço a partir da operação comercial dos empreendimentos. O prazo para a conclusão das obras vai de 36 a 60 meses. As concessões têm prazo de 30 anos. Nesse período, haverá economia para o sistema, desencadeada pela melhoria operacional.

Dados

O lote 3 prevê a construção de 238 quilômetros em linhas de transmissão com aporte de R$ 376 milhões. Está prevista a implantação da nova subestação 345/138 kV Leopoldina 2 e de duas novas linhas de transmissão em 345 kV, que darão maior confiabilidade ao atendimento elétrico da Zona da Mata mineira, em especial à malha de distribuição da Energisa Minas Gerais, que ganhará um segundo ponto de atendimento da Rede Básica.

Já o lote 7 prevê R$ 554 milhões em investimentos para a extensão de 173 quilômetros de linhas. Serão implantadas três novas subestações 345/138 kV: Araxá 3, Monte Alegre de Minas 2 e Uberlândia 10, além da construção de um novo pátio 500/345 kV na SE Nova Ponte. Também haverá a extensão de duas novas linhas de transmissão em 345 kV, que propiciarão margem para a instalação de novos empreendimentos de geração de energia e maior confiabilidade ao atendimento elétrico do Triângulo Mineiro e Alto Paranaíba.

Fonte: Agência Minas

  • Muzambinho.com
  • Muzambinho.com
  • Muzambinho.com
  • Muzambinho.com
  • Muzambinho.com

Deixar um Comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *