Governo de Minas garante retomada da segunda dose da CoronaVac

Redação7 de maio de 20213min0
20210507113249692266u
Segundo secretário de Estado de Saúde, Minas deve receber neste fim de semana e na semana que vem remessas suficientes para retomar a imunização

governo de Minas Gerais garante, para semana que vem, a chegada de mais uma remessa da CoronaVac que deve assegurar a retomada da aplicação da segunda dose nos municípios que tiveram que interrompê-la por causa da falta de imunizantes. O anúncio foi feito na manhã desta sexta-feira (7/5).

“Recebemos 30,4 mil doses de CoronaVac para a D2 – segunda dose, AstraZeneca, 676.250 mil doses agora dia 3 de maio. A Pfizer, para Belo Horizonte, 50.310 mil doses. E nova remessa da AstraZeneca que recebemos ontem, 396.500 mil doses e neste final de semana receberemos 100,2 mil para a segunda dose da CoronaVac e ainda mais vacinas da Pfizer na próxima semana”, explicou o secretário de Estado e Saúde de Minas Gerais, Fábio Baccheretti, em entrevista coletiva nesta manhã para atualizar os dados sobre a COVID-19 no estado.

Segundo ele, Minas deve receber mais 400 mil doses na próxima semana, suprindo as 370 mil necessárias para a parcela da população que está no aguardo dessa fase da imunização.

“Neste final de semana e na semana que vem, receberemos o quantitativo suficiente para que os municípios retomem a vacinação daqueles que só tomaram a primeira dose de CoronaVac e a gente consiga alcançar a imunidade”, enfatizou Fábio Baccheretti.

O secretário de Saúde também fez um apelo para que a população não deixe de receber o reforço. “Destaco também que é importante que aqueles que ultrapassaram os 28 dias vão até o posto no momento em que chegar a segunda dose, porque a imunidade é garantida mesmo em intervalo maior. É recomendado 28 dias pelo estudo, mas a imunidade será alcançada com a segunda dose. É importante que todo mundo vá até o posto receber essa dose”, pontuou.

Baccheretti também destacou a melhoria no índice de vacinados no estado. “Vale a pena mostrar quanto o estado de Minas evoluiu na vacinação. No começo de março éramos apenas o 17º estado em vacinação proporcional na vacinação, hoje somos o 6º colocado, subindo, melhorando. O papel do município é fundamental. A distribuição é rápida, quase imediata, e os municípios vêm cumprindo seu papel. E isso mostra uma melhoria importante com a vacinação, que é a solução para a pandemia”, afirma.

Fonte: Estado de Minas

  • Muzambinho.com
  • Muzambinho.com
  • Muzambinho.com
  • Muzambinho.com

Deixe um Comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *