Com variantes, pode ser necessário 90% de vacinados para controlar Covid

Redação4 de agosto de 20212min0
covid1-getty-images
Assim como a OMS, a Opas disse que não há evidências que apoiem a necessidade de uma terceira dose do imunizante contra o coronavírus

O gerente de Incidentes da Organização Pan-Americana de Saúde (Opas), Sylvain Aldighieri, afirmou nesta quarta-feira que, diante do avanço de novas variantes do coronavírus, pode ser necessário uma cobertura vacinal de 90% da população para controlar a transmissão do vírus. Durante uma coletiva de imprensa, ele ponderou que os cientistas ainda não entraram em um consenso sobre os pré-requisitos para a imunidade coletiva no caso da covid-19.

Assim como a Organização Mundial da Saúde (OMS), a Opas disse que não há evidências que apoiem a necessidade de uma terceira dose do imunizante contra o coronavírus. Aldighieri considerou, contudo, que esse cenário pode mudar nos próximos meses.

Ao ser questionado sobre a variante lambda, identificada inicialmente no Peru, Aldighieri disse que a detecção da cepa tem sido esporádica na América Latina. Ainda segundo ele, não existe evidência concreta de que a lambda seja mais contagiosa, como a delta.

Especificamente sobre a delta, o gerente de Incidentes da Opas afirmou que é preciso mais estudos para se conhecer o real impacto nas hospitalizações e na gravidade da doença.

A diretora da entidade, Carissa Etienne, por sua vez, declarou que são necessárias mais vacinas “agora” para a América Latina e o Caribe. A autoridade também urgiu os países da região a aumentar a cobertura vacinal de comunidades indígenas.

Fonte: O Tempo

  • Muzambinho.com
  • Muzambinho.com
  • Muzambinho.com
  • Muzambinho.com

Deixe um Comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *