Prévia da inflação fica em 0,58% em janeiro, segundo IBGE

Redação26 de janeiro de 20222min0
Real,dinheiro, moeda
Oito dos nove grupos de produtos e serviços pesquisados tiveram alta em janeiro. A exceção foram os transportes, cujos preços recuaram 0,41%, após a alta de 2,31% em dezembro.

Considerado a prévia da inflação oficial no Brasil, o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo 15 (IPCA-15), ficou em 0,58% em janeiro, após ter registrado taxa de 0,78% em dezembro, levantamento divulgado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta quarta-feira (26). A expectativa do mercado era de uma alta de 0,43%.

O resultado do primeiro mês do ano mostra uma desaceleração em relação a dezembro, quando o indicador subiu 0,78%, fechando 2021 em 10,42% — maior resultado acumulado em um ano desde 2015, quando avançou 10,71%.

Nos últimos 12 meses, o indicador acumula alta de 10,20%, abaixo dos 10,42% observados nos 12 meses imediatamente anteriores. Em janeiro de 2021, a taxa foi de 0,78%.

Alimentação, bebidas e saúde tiveram maior alta

Oito dos nove grupos de produtos e serviços pesquisados tiveram alta em janeiro. A exceção foram os Transportes, cujos preços recuaram 0,41%, após a alta de 2,31% em dezembro.

O maior impacto no índice do mês (0,20 p.p.) foi de Alimentação e bebidas (0,97%), que acelerou frente ao mês anterior (0,35%). Na sequência, vieram Saúde e cuidados pessoais (0,93%) e Habitação (0,62%), que contribuíram com 0,12 p.p. e 0,10 p.p., respectivamente. Já as maiores variações foram de Vestuário (1,48%) e Artigos de Residência (1,40%).

Os demais grupos ficaram entre o 0,25% de Educação e o 1,09% de Comunicação.

Fonte: O Tempo

  • Muzambinho.com
  • Muzambinho.com
  • Muzambinho.com
  • Muzambinho.com

Deixe um Comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *