• muzambinho.com.br
  • muzambinho.com.br
  • Muzambinho.com
  • Muzambinho.com

Defasagem do Imposto de Renda atinge pico de 24%

Redação20 de abril de 20222min0
impostoRendaApp
Defasagem, na prática, quer dizer que com a alta da inflação, proporcionalmente os brasileiros acabam por pagar mais imposto

A defasagem da tabela do Imposto de Renda da Pessoa Física atingiu um pico: em três anos e três meses, até março de 2022, a defasagem alcançou 24% – a maior desde o início do Plano Real e da mudança no cálculo da tabela, ocorrida em janeiro de 1996.

O levantamento foi realizado pelo Sindifisco Nacional e mede a defasagem por mandato presidencial considerando o IPCA, índice oficial de inflação medido pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

A defasagem, na prática, quer dizer que com a alta da inflação, proporcionalmente os brasileiros acabam por pagar mais imposto. Além disso, o número de contribuintes isentos diminui.

O governo tem a alternativa de apresentar a correção da tabela em uma medida provisória. Caso isso não ocorra, a defasagem no mandato de Bolsonaro pode chegar a 28%.

A projeção considera a estimativa de que neste ano a inflação tende a acumular uma alta de 6,86%, segundo a média estipulada por analistas até o momento. As maiores defasagens até então haviam sido registradas no primeiro e no segundo mandatos de Fernando Henrique Cardoso (PSDB).

Fonte: EM

  • Muzambinho.com
  • Muzambinho.com
  • Muzambinho.com
  • Muzambinho.com

Deixe um Comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *