• muzambinho.com.br
  • muzambinho.com.br
  • Muzambinho.com
  • Muzambinho.com

Plano Diretor – Muzambinhense pede mudanças e visão progressista.

Redação6 de maio de 20221min1
plano_diretor2
Ofício foi encaminhado pedindo atenção dos edis em regime de urgência.

O muzambinhense Célio Sales sempre atento as demandas de nossa cidade e preocupado com o desenvolvimento para geração de emprego e renda sugere aos srs. vereadores que o “Plano Diretor” seja analisado em caráter de urgência para que Muzambinho não perca investimentos.

“Chegou a hora de mudarmos o conceito, de termos uma visão progressista, para que Muzambinho possa alçar voos mais altos, crescendo, desenvolvendo para o bem de todos”, encerrou seu ofício, que foi protocolado na Casa Legislativa na última segunda-feira, 02/05, e lida no reunião ordinária o qual recebeu o apoio de alguns edis.

Click no Link abaixo e confira o ofício na íntegra.
Oficio pede Revisão do Plano Diretor

  • Muzambinho.com
  • Muzambinho.com
  • Muzambinho.com
  • Muzambinho.com

Um comentário

  • Cruz

    6 de maio de 2022 at 10:58

    Acredito que os ordinários vereadores muzambinheses desconheçam plenamente o que é um Plano Diretor. Assim como não pensam em bem estar coletivo ou sustentabilidade (focada em crescimento sustentável) do município. Pensam unicamente em votos, salário e benefícios, além de atender minorias que os cercam. Atuação vergonhosa, não só da atual camara, mas de todas as recentes.
    A cidade se deteriora, cresce de forma desordenada e insustentável. Qualquer um que ande a pé nota a dificuldade de se locomover sobre calçadas, os que andam de carro notam as ruas estreitas, falta de local para estacionar. A criminalidade cresce, falta estrutura nos bairros (saúde e educação de melhor qualidade).
    Não há regras para criação de novos loteamentos, não há regras para calçadas e construções, dentre outros problemas. E não há uma administração austera, pensando em economia de recursos da sociedade. A prefeitura é extremamente inchada e ineficiente, secretários sem capacitação para atuar em suas respectivas áreas. Tudo é de cunho simplesmente eleitoreiro. Para completar, o salário de vereadores no município é TOTALMENTE descabido, impróprio de ser imposto a população pagar. Enfim, vergonha a atuação dos legisladores (se é que podem ser chamados assim) de Muzambinho.

    Responder

Deixe um Comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *