• Muzambinho.com
  • muzambinho.com.br
  • Muzambinho.com
  • loja.muzambinho.com

Depois de onda gigante, Brasil entra em alerta para chuva com ‘quase tornado’

Redação3 de janeiro de 20243min0
tempestade-chuva-12916
Estão previstos ventos de até 100 km/h em boa parte de Minas Gerais e de outros 22 estados do país; até agora, 26 cidades mineiras já decretaram situação de emergência

onda gigante que arrastou turistas no Mirante da Pedra do Leme, no Rio de Janeiro, era um prenúncio das fortes chuvas que devem atingir todas as cidades de Minas Gerais e outros 22 dos 27 estados do Brasil. Além dos temporais, o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) também está prevendo ventos de até 100 km/h no período que vai até as 10h de quinta-feira (4 de janeiro). A partir dos 117 km/h, a força do vento passa a ser considerada um tornado.

Os quatro únicos estados brasileiros que não estão sob alerta nesta quarta-feira (3) são: Amapá, Rio Grande do Norte, Roraima e Sergipe. Ao todo, são quatro os alertas emitidos pelo órgão nacional, sendo que dois deles incluem todos os 853 municípios de Minas Gerais. Além dos ventos, que podem ir de 60 a 100 km/h, também são esperadas chuvas de 50 a 100 mm por dia.

Em meio à expectativa de ainda mais água pela frente, que normalmente aumenta os riscos nas rodovias, os motoristas mineiros ainda enfrentam 50 trechos de estradas com problemas entre interdições, estreitamentos, buracos e obras.

MG tem 26 cidades sob situação de emergência

O período chuvoso de 2023/2024 já causou muitos estragos em Minas Gerais. Ao todo, 26 municípios já decretaram situação de emergência em decorrência de chuvas, vendavais e tempestades. Os registros vão desde setembro de 2023 até o dia 26 de dezembro, quando Mendes Pimentel, no Rio Doce, acionou a Defesa Civil de Minas Gerais

Além disso, no fim do ano passado o número de mortes causadas pela chuva chegou a cinco. Uma forte chuva causou três mortes em Paracatu, na região Noroeste de Minas, quando mãe e dois filhos foram arrastados pela correnteza e morreram afogados.

  • Muzambinho.com
  • Muzambinho.com

Deixe um Comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *