• Muzambinho.com
  • Muzambinho.com
  • loja.muzambinho.com
  • muzambinho.com.br

Ciclone que causou estragos no RS pode atingir Minas, Rio e São Paulo

Redação18 de janeiro de 20243min0
1_rio_grande_do_sul-34388649
Com exceção do Espírito Santo, todos os estados do Sudeste devem ter temporais. Apesar das chuvas, o clima segue quente e com sensação de tempo abafado

O ciclone que atingiu o Rio Grande do Sul nos últimos dias tem previsão de trazer chuvas a Minas Gerais, São Paulo e Rio de Janeiro nesta sexta-feira e no fim de semana, segundo o Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia).

Os estados do Sudeste, com exceção do Espírito Santo, devem ter temporais. Apesar das chuvas, o clima continua quente nesses locais, com sensação de tempo abafado ao longo do dia. A combinação de calor com alta umidade do ar pode favorecer os temporais.

Há risco de ventos fortes sobre a região metropolitana de São Paulo. A ventania pode ocasionar transtornos como queda de galhos e árvores, em torno de 71 km/h a 90 km/h. No litoral de São Paulo, os acumulados podem ficar em torno de 180 mm e 200 mm.

A Região Sul continuará com chuvas volumosas nesta quinta. Os temporais estão previstos para o norte do Rio Grande do Sul, leste e sul de Santa Catarina e leste do Paraná.

O Sul Fluminense e a região metropolitana do Rio de Janeiro podem ser os mais afetados amanhã. Ventos intensos e queda de granizo com risco de corte de energia elétrica, estragos em plantações, queda de árvores e alagamentos podem ocorrer. Doze pessoas morreram em decorrência das chuvas no Rio esta semana.

Em Minas Gerais, os riscos de estragos devem ser baixos. A chuva ficará entre 20 mm/h e 30 mm/h, podendo chegar a 50 mm/dia e com ventos intensos. No entanto, são pequenas as possibilidades de alagamentos ou consequências mais graves.

Além de estados no Sul e Sudeste, outras partes do Brasil tem risco potencial. Acre, Amapá, Goiás, Mato Grosso, Paraíba, Tocantins, Pará, Mato Grosso do Sul e Amazonas também terão chuvas.

Fonte: Estado de Minas

  • Muzambinho.com
  • Muzambinho.com

Deixe um Comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *