• Muzambinho.com
  • muzambinho.com.br
  • Muzambinho.com
  • loja.muzambinho.com

Renda per capita em MG é de R$ 1.918, quase metade da do DF; confira por Estado

Redação28 de fevereiro de 20243min0
dinheiro-4-82f5fff2a0
Minas é apenas o décimo Estado em renda per capita domiciliar no país; Maranhão é a Unidade de Federação com a menor renda; veja ranking

O rendimento domiciliar per capita (por pessoa) da população do Maranhão equivale a menos de 30% do registrado no Distrito Federal, de acordo com dados divulgados nesta quarta-feira (28) pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). A renda média de Minas é de R$ 1.918, 57% (quase metade) da registrada na capital do país, que lidera o ranking de rendimento médio do país com R$ 3.357.

No Estado nordestino, o valor mensal foi de R$ 945 em 2023, o menor do país. É o equivalente a cerca de 28,2% da renda per capita registrada no Distrito Federal. Minas é apenas do décimo Estado em renda per capita no país.

No Brasil, o indicador foi calculado em R$ 1.893 por mês em 2023. Os valores são publicados de forma resumida pelo IBGE em termos nominais – sem o ajuste pela inflação. O rendimento domiciliar per capita representa a razão entre a renda domiciliar total e o número de moradores de cada local.

Nessa conta, são considerados os rendimentos do trabalho e de outras fontes, diz o IBGE. “Todos os moradores são considerados no cálculo, inclusive os pensionistas, empregados domésticos e parentes dos empregados domésticos”, afirma o instituto.
A divulgação atende a uma lei que estabelece os critérios de rateio do Fundo de Participação dos Estados e do Distrito Federal. Os dados são repassados pelo IBGE para o TCU (Tribunal de Contas da União).

Em 2022, o rendimento mensal domiciliar per capita havia sido calculado em R$ 1.625 no Brasil, também em termos nominais. Ou seja, ao chegar a 1.893 no país em 2023, o indicador teve alta de 16,5%. (Com Folhapress)

RENDIMENTO NOMINAL MENSAL DOMICILIAR PER CAPITA EM 2023, EM R$

  1. Distrito Federal – 3.357
  2. São Paulo – 2.492
  3. Rio de Janeiro – 2.367
  4. Rio Grande do Sul – 2.304
  5. Santa Catarina – 2.269
  6. Paraná – 2.115
  7. Mato Grosso do Sul – 2.030
  8. Goiás – 2.017
  9. Mato Grosso – 1.991
  10. Minas Gerais – 1.918
  11. Espírito Santo – 1.915
  12. Brasil – 1.893
  13. Tocantins – 1.581
  14. Rondônia – 1.527
  15. Amapá – 1.520
  16. Roraima – 1.425
  17. Rio Grande do Norte – 1.373
  18. Piauí – 1.342
  19. Paraíba – 1.320
  20. Pará – 1.282
  21. Sergipe – 1.218
  22. Amazonas – 1.172
  23. Ceará – 1.166
  24. Bahia – 1.139
  25. Pernambuco – 1.113
  26. Alagoas – 1.110
  27. Acre – 1.095
  28. Maranhão – 945

Fonte: IBGE

  • Muzambinho.com
  • Muzambinho.com
  • Aki Tem Muzambinho

Deixe um Comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *