• muzambinho.com.br
  • Muzambinho.com
  • Muzambinho.com
  • loja.muzambinho.com

Desemprego: 8,3 milhões continuam sem trabalho no Brasil no trimestre até janeiro

Redação29 de fevereiro de 20242min0
carteira-de-trabalho-digital-ccf5778152
Segundo as estimativas do IBGE, a taxa de desemprego ficou em 7,6% ; os dados divulgados nesta quinta integram a Pnad Contínua (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua)

A taxa de desemprego do Brasil ficou em 7,6% no trimestre até janeiro de 2024, após marcar 7,6% nos três meses anteriores, encerrados em outubro de 2023. É o que apontam dados divulgados nesta quinta-feira (29) pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

Na mediana, analistas do mercado financeiro projetavam desocupação de 7,8% para o trimestre finalizado em janeiro, segundo a agência Bloomberg.

O número de desempregados no país foi estimado pelo IBGE em 8,3 milhões até o primeiro mês deste ano. O contingente era de 8,3 milhões no trimestre encerrado em outubro.

A população considerada desempregada reúne pessoas de 14 anos ou mais que estão sem ocupação e que seguem à procura de oportunidades. Quem não está buscando vagas, mesmo sem ter emprego, não faz parte desse contingente nas estatísticas oficiais.

Os dados divulgados nesta quinta integram a Pnad Contínua (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua). O levantamento do IBGE abrange tanto atividades formais quanto informais -dos empregos com carteira assinada e CNPJ até os populares bicos.

No recorte trimestral, a taxa de desemprego já havia marcado 7,4% nos três meses até dezembro. Esse período, contudo, integra outra série da Pnad. A pesquisa apresenta três séries trimestrais comparáveis.

Em 2024, analistas esperam ritmo menor para o mercado de trabalho no Brasil, após o desempenho positivo de 2023. A perspectiva está associada à previsão de desaceleração da atividade econômica neste ano.

Fonte: Estado de Minas

  • Muzambinho.com
  • Muzambinho.com
  • Aki Tem Muzambinho

Deixe um Comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *