• loja.muzambinho.com
  • muzambinho.com.br
  • Muzambinho.com
  • Muzambinho.com

Imposto de Renda: mais de 10 milhões já acertaram as contas com o Leão

Redação3 de abril de 20243min0
imposto-renda-b5a4966340
São Paulo é o Estado com mais documentos enviados ao fisco, com 3.071.837, seguido por Minas Gerais (887.200) e Rio de Janeiro (869.908)

Após 19 dias do início do prazo, mais de dez milhões de contribuintes entregaram a sua declaração do Imposto de Renda 2024. A marca foi alcançada na manhã desta quarta-feira (3), com 10.017.252 documentos ao fisco no balanço divulgado às 10h45. O prazo para a declaração acaba às 23h59 de 31 de maio. Quem atrasar terá de pagar uma multa mínima de R$ 165,74, que pode chegar a 20% do imposto devido.

A expectativa da Receita é receber 43 milhões de declarações neste ano, o que superará o recorde do ano passado, que foi de 41,1 milhões de documentos. Segundo o fisco, a maioria das declarações entregues até agora terá dinheiro a restituir. São 81,3% dos casos, com 10,7% tendo imposto a pagar e 8% que não terão reembolso e nem pagarão.

A declaração pré-preenchida foi usada por 43,1% dos contribuintes que já prestaram contas, número bem maior em relação a 2023, quando o recurso teve 23,9% de adesão. Além de trazer as informações preenchidas, o modelo também inclui o contribuinte na lista de prioridade para restituição.

Em 2024, quem quer usar o modelo pré-preenchido precisa ter conta ouro ou prata no portal gov.br. Em 2023, era possível ter acesso a esses dados com a conta bronze também. Clique aqui para saber como criar a conta e atingir o nível exigido.

A grande maioria optou pelo uso do PGD (programa gerador de declaração) e declarou pelo computador em 75,7% dos documentos que chegaram à Receita. Porém houve aumento no uso de celular e tablet para 10,7% (foi de 6,8% em 2023) e da declaração online para 13,6% (contra 5,6% do ano passado).

A média de quem declarou é de 45 anos, sendo que 57,6% das declarações optaram pelo modelo simplificado, com desconto padrão de R$ 16.754,34 no imposto devido.

São Paulo é o Estado com mais documentos enviados ao fisco, com 3.071.837, seguido por Minas Gerais (887.200), Rio de Janeiro (869.908), Rio Grande do Sul (575.935) e Paraná (552.401).

Já o estado de Roraima tem o menor número de declarações, com 27.314, seguido por Amapá (34.540) e Acre (40.642).

(FERNANDO NARAZAKI/Folhapress)

  • Muzambinho.com
  • Muzambinho.com
  • Aki Tem Muzambinho

Deixe um Comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *