• muzambinho.com.br
  • Muzambinho.com
  • loja.muzambinho.com
  • Muzambinho.com

Receita libera consulta a lote residual do Imposto de Renda de R$ 457,7 mi; veja

Redação23 de abril de 20245min0
Imposto-de-renda-atrasado-como-fazer-declaracao-scaled
O pagamento será feito a 353.348 contribuintes que caíram na malha fina ou entregaram a declaração de anos anteriores

A Receita Federal liberou às 10h desta terça-feira (23) a consulta do lote residual de restituição do mês de abril do Imposto de Renda. O pagamento será feito a 353.348 contribuintes que caíram na malha fina ou entregaram a declaração de anos anteriores. O crédito será efetuado em 30 de abril pela forma especificada pelo contribuinte na entrega da declaração e somará R$ 457.737.780,06.

Os contribuintes com prioridade receberão cerca de R$ 381,7 milhões, sendo divididos da seguinte forma:

  • 5.469 beneficiados têm 80 anos ou mais
  • 38.119 têm 60 anos ou mais
  • 4.816 são deficientes ou sofrem de alguma doença grave
  • 12.220 são professores com o magistério com maior fonte de renda
  • 222.250 optaram pelo uso da pré-preenchida ou solicitaram a restituição por Pix

O lote ainda contemplou 70.474 pessoas que não estão nos grupos prioritários. Para saber se foi um dos beneficiados, o contribuinte deve consultar o site da Receita Federal (veja mais abaixo o passo a passo) ou pelo aplicativo Meu Imposto de Renda, disponível para celular e tablet.

Caso o valor não seja depositado, a quantia ficará disponível para resgate no Banco do Brasil por um ano. Neste caso, o contribuinte pode reagendar pelo Portal BB (https://www.bb.com.br/irpf), ou ligando para a Central de Relacionamento BB nos telefones 4004-0001 (capitais), 0800-729-0001 (demais localidades) e 0800-729-0088 (exclusivo para deficientes auditivos).

Se o crédito depositado não for resgatado em até um ano, é preciso fazer um requerimento pelo portal e-CAC (Centro de Atendimento Virtual) da Receita, acessando o menu “Declarações e Demonstrativos”, indo em “Meu Imposto de Renda” e clicando em “Solicitar restituição não resgatada na rede bancária”. (FERNANDO NARAZAKI/Folhapress)

COMO FAZER A CONSULTA À RESTITUIÇÃO DO IMPOSTO DE RENDA

A consulta é feita pela internet, no site da Receita Federal. O contribuinte precisa informar o número do CPF, a data de nascimento e os dados solicitados na tela.

Por essa consulta mais simples, o sistema não informa o valor da restituição, mas para quem entrar no lote aparecerá que o pagamento será feito, a data do depósito e a forma indicada pelo contribuinte para recebimento, se conta bancária ou Pix.

PELO SITE DA RECEITA FEDERAL:

  • Entre no site da Receita (www.gov.br/receitafederal) e clique no quadro onde se lê “Meu Imposto de Renda”
  • Vá em “Consultar a Restituição”
  • Informe o CPF, a data de nascimento e o ano-exercício
  • Por fim, marque o captcha sinalizando que é humano e clique em “Consultar”

PELO APLICATIVO MEU IMPOSTO DE RENDA:

  • No aplicativo, informe a senha do cadastro no Gov.br
  • Na aba “Serviços do IRPF” selecione a opção “Consultar Restituição”
  • Na nova página, insira CPF, data de nascimento e ano da restituição em questão
  • Depois, clique em “Consultar”

Para quem não tem conta conta Gov.br no aplicativo da Receita Federal:

  • No aplicativo, selecione a opção “Consultar Restituição”
  • Na nova página, insira CPF, data de nascimento e ano da restituição em questão
  • Depois, clique em “Consultar”

COMO CONSULTAR O EXTRATO DA DECLARAÇÃO NO E-CAC

A consulta feita pelo Portal e-CAC, que é o Centro de Atendimento Virtual do fisco, é mais completa. Para isso, é preciso ter senha gov.br prata ou ouro. Veja o que fazer:

  1.  Acesse o Portal e-CAC e vá em “Entrar com gov.br”
  2.  Na página seguinte, informe o CPF e vá em “Continuar”
  3.  Depois, digite a senha e vá em “Entrar”
  4.  Em “Serviços em destaque”, vá em “Meu Imposto de Renda (Extrato da Dirpf)”

Fonte: O Tempo

  • Muzambinho.com
  • Muzambinho.com
  • Aki Tem Muzambinho

Deixe um Comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *