• muzambinho.com.br
  • Muzambinho.com
  • loja.muzambinho.com
  • Muzambinho.com

Novo Plano Safra vai ultrapassar R$ 500 bilhões em linhas de crédito, diz ministro da Agricultura

Redação31 de maio de 20243min0
assista-ao-vivo-lancamento-do-plano-safra-640x383
Carlos Fávaro é o entrevistado do CNN Entrevistas que será exibido no final de semana

O novo Plano Safra deverá ultrapassar, pela primeira vez, a marca de R$ 500 bilhões em linhas de crédito e incentivos para os produtores rurais, afirmou à CNN o ministro da Agricultura, Carlos Fávaro.

Na safra 2023/24, o plano chegou à cifra recorde de R$ 435 bilhões. Para o período 2024/25, o ministro disse que negocia com a equipe econômica um valor “ainda maior” e “acima de R$ 500 bilhões”. Fávaro é o convidado especial do CNN Entrevistas, que irá ao ar neste fim de semana.

Cobrança forte do setor, o Seguro Rural deverá ter dobrar ou triplicar. O programa, que protege os produtores contra adversidades climáticos (como secas e enchentes), tem recursos orçamentários. Neste ano, o governo prevê gastar cerca de R$ 1 bilhão.

“Imagine um produtor gaúcho sofrer outra intempérie ao longo do tempo. Eu defendo que 100% dos produtores no Rio Grande do Sul estejam cobertos. As mudanças climáticas estão aí. Mato Grosso, por exemplo, viveu uma das maiores secas dos últimos anos. O Seguro Rural em R$ 1 bilhão não faz [mais] frente ao tamanho da agropecuária brasileira”, disse Fávaro.

A Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), bem como a bancada ruralista, tem colocado a oferta de mais recursos como uma das prioridades para o Plano Safra 2024/25.

“Temos que ir para R$ 2 bilhões ou R$ 3 bilhões, quer dizer, dobrar ou até triplicar”, concordou , acrescentando que negocia esse valor com outros ministérios, especialmente com a Fazenda. No caso do Plano Safra, além da meta de bater pagamentos recordes, o ministro afirma que haverá taxas de juros mais baixas do que as aplicadas no ciclo anterior.

O CNN Entrevistas deste fim de semana trará novidades ainda sobre a política de compra de arroz pelo governo federal, a relação política do governo com o agro e a abertura de novos mercados internacionais para os exportadores brasileiros.

Fonte: Itatiaia

  • Muzambinho.com
  • Muzambinho.com
  • Aki Tem Muzambinho

Deixe um Comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *