• muzambinho.com.br
  • Muzambinho.com
  • Muzambinho.com
  • muzambinho.com.br

Saldo de empregos dos pequenos negócios mineiros é três vezes maior que o das médias e grandes empresas

Redação3 de setembro de 20187min0
ca421a5a69a4ae4cbe8add87544f7b0c
No acumulado de 2018, as MPE de Minas Gerais têm o saldo de 50 mil vagas a mais que empresas de outros portes no estado

Saldo de empregos dos pequenos negócios mineiros é três vezes maior que o das médias e grandes empresas

No acumulado de 2018, as MPE de Minas Gerais têm o saldo de 50 mil vagas a mais que empresas de outros portes no estado

As Micro e Pequenas Empresas (MPE) mineiras registraram, de janeiro a julho deste ano, saldo de emprego 225% maior que o das Médias e Grandes Empresas (MGE) do estado. No acumulado, as MPE obtiveram um saldo de 72.780 vagas contra 22.414 vagas geradas pelas MGE, resultando em uma diferença de mais de 50 mil empregos no período. É o que mostra o levantamento do Sebrae Minas, com base nos dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) do Ministério do Trabalho (MTB).

“Os dados confirmam a importância do pequeno negócio na economia, por ser o principal empregador tanto em Minas Gerais como no restante do país”, explica a assistente do Sebrae Minas Gabriela Martinez.

Ainda de acordo com o levantamento, os setores de agropecuária, extração vegetal, caça e pesca e serviços foram os que apresentaram os melhores saldos de emprego no acumulado do período: 36.624 vagas e 24.319 vagas, respectivamente. Apenas o setor de Comércio registrou mais demissões que contratações, gerando um saldo negativo de – 6.137 empregos, e uma diferença de -2.540 vagas em relação ao saldo das MGE mineiras do mesmo setor.

Balanço mensal

Em julho, as MPE mineiras repetiram o bom resultado dos últimos meses frente as empresas dos demais portes. O saldo de emprego foi de 6.673 vagas, 2.996 postos de trabalho a mais do que as MGE no período.

As MPE mineiras dos setores da construção civil e agropecuária, extração vegetal, caça e pesca foram os que tiveram os maiores saldos no mês (2.521 vagas e 2.115 vagas, respectivamente) e também registraram a maior diferença no saldo de empregos frente as MGE, 940 vagas e 1.867 vagas.

A diferença entre contratações e demissões entre os portes de empresas foi ainda maior no Triângulo Mineiro e Alto Paranaíba, considerando o mês de julho. As MPE da regional registram um saldo de 4.105 vagas e as MGE, 881 vagas. Por outro lado, os pequenos negócios das regiões Sul, Centro e Centro-Oeste e Sudoeste, tiveram um saldo de empregos menor que as empresas de médio e grande porte.

Saldo líquido de empregos por porte e setor em Minas Gerais de janeiro a julho de 2018
Setor MGE MPE Diferença de percentual entre MPE e MGE
Indústria de Transformação 6.693 7.188 7%
Construção Civil 8.246 10.136 23%
Extrativa Mineral 221 319 44%
Serviços Industriais de Utilidade Pública 465 331 -29%
Agropecuária, Extração Vegetal, Caça e Pesca 5.944 36.624 516%
Serviços 4.442 24.319 447,5%
Comércio -3.597 -6.137 71%
Total em Minas Gerais 22.414 72.780 225%

Saldo líquido de empregos por porte nas UF e Brasil em julho de 2018

UF e Brasil Média e Grande MPE
São Paulo 8.950 7.565
Minas Gerais 3.677 6.673
Mato Grosso 1.582 3.612
Goiás 472 3.654
Pará 512 3.000
Paraná 651 1.869
Maranhão 730 1.088
Bahia -287 1.743
Paraíba 1.759 -405
Amazonas 903 376
Alagoas 941 194
Rondônia 114 695
Ceará -1 1.066
Mato Grosso do Sul -323 1.110
Rio Grande do Norte -296 854
Amapá 416 126
Acre -68 440
Tocantins 240 -2
Piauí -197 397
Pernambuco -88 -19
Roraima -133 17
Distrito Federal -773 581
Santa Catarina -1.661 1.559
Sergipe -305 13
Espírito Santo 250 -913
Rio de Janeiro -1.560 630
Rio Grande do Sul -796 -1.815

 

Saldo líquido de empregos por porte e setor em Minas Gerais em julho de 2018
Setor Média e Grande MPE
Indústria de Transformação 1.420 906
Construção Civil 1.581 2.521
Extrativa Mineral 68 184
Administração Pública 0 0
Serviços Industriais de Utilidade Pública 57 123
Agropecuária, Extração Vegetal, Caça e Pesca 248 2.115
Serviços 457 323
Comércio -154 501

Saldo líquido de empregos por porte e regional em Minas Gerais em julho de 2018
Regiões Média e Grande MPE
Centro 2.663 1.435
Centro-oeste e Sudoeste 267 39
Jequitinhonha e Mucuri 239 872
Noroeste -55 385
Norte -213 607
Rio Doce e Vale do Aço -2 105
Sul -171 -1.253
Triângulo e Alto Paranaíba 881 4.105
Zona da Mata e Vertentes 68 378

Sul

Saldo líquido de empregos por porte e setor na Região Sul em julho de 2018 Número de admissões por porte e setor na Região Sul em julho de 2018

Setor Média e Grande MPE Saldo Total Setor Média e Grande MPE Saldo Total
Indústria de Transformação 408 20 428 Indústria de Transformação 1.555 2.178 3.733
Construção Civil -36 88 52 Construção Civil 91 828 919
Extrativa Mineral 0 14 14 Extrativa Mineral 0 58 58
Administração Pública 0 0 3 Administração Pública 0 0 67
Serviços Industriais de Utilidade Pública -2 -2 -4 Serviços Industriais de Utilidade Pública 1 27 28
Agropecuária, Extração Vegetal, Caça e Pesca -362 -1.399 -1.761 Agropecuária, Extração Vegetal, Caça e Pesca 385 2.580 2.965
Serviços -178 158 -20 Serviços 1.323 3.024 4.347
Comércio -1 -132 -133 Comércio 740 2.919 3.659
Total -171 -1.253 -1.421 Total 4.095 11.614 15.776

Número de demissões por porte e setor na Região Sul em julho de 2018
Admissões 126.618 Setor Média e Grande MPE Saldo Total
Demissões -108.616
Saldo 18.002 Indústria de Transformação -1.147 -2.158 -3.305
Construção Civil -127 -740 -867
MPE Extrativa Mineral 0 -44 -44
Admissões 92.905 Administração Pública 0 0 -64
Demissões -77.953 Serviços Industriais de Utilidade Pública -3 -29 -32
Saldo 14.952 Agropecuária, Extração Vegetal, Caça e Pesca -747 -3.979 -4.726
Serviços -1.501 -2.866 -4.367
Comércio -741 -3.051 -3.792
Total -4.266 -12.867 -17.197

Assessoria de Imprensa da Regional Sul do Sebrae Minas  / Luciana Trindade

  • Muzambinho.com
  • Muzambinho.com
  • Muzambinho.com
  • Muzambinho.com

Deixe um Comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *