• Muzambinho.com
  • Muzambinho.com
  • Muzambinho.com

Saiba como solicitar ligação de energia em imóveis novos ou anteriormente ligados

Redação5 de março de 20215min0
content_ligacao_nova_-_cemig
Serviço feito com antecedência é essencial para evitar problemas no fornecimento de luz

Mudar de imóvel envolve expectativas e planejamento. Para garantir que o fornecimento de energia para o novo endereço ocorra de forma tranquila e segura, a Cemig listou algumas orientações para os consumidores.

O primeiro passo é solicitar o pedido de ligação de energia com antecedência, para assegurar que a energia esteja ligada e disponível no momento da ocupação do imóvel. Esse procedimento deve ser feito por meio dos canais da companhia: Cemig Atende Web ou agendando um atendimento presencial em uma das agências.

“A mudança para um novo imóvel sempre envolve uma série de providências e, na correria do dia a dia, muitas pessoas só atentam para a necessidade de solicitar a ligação da energia quando já estão instaladas no novo endereço”, informa o gerente de Relacionamento com Clientes da Cemig, Thiago Capanema.

Documentos

Para realizar o pedido de ligação é necessário apresentar documentos pessoais (CPF, RG ou carteira de habilitação ou profissional) e um comprovante de regularidade do imóvel, como certidão ou declaração da prefeitura que contenha nome da rua e número predial. O cliente deve informar ainda o tipo de ligação desejada (monofásica, bifásica ou trifásica) e a amperagem do disjuntor instalado no padrão do imóvel.

Prazo

O prazo para atendimento da ligação é de até dois dias úteis em área urbana e até cinco dias úteis em área rural, após a aprovação da instalação. A companhia vistoria o padrão de entrada de energia e realiza a ligação, caso tudo esteja de acordo com as especificações técnicas. “Fazemos a vistoria em até 72 horas e, se o padrão estiver construído corretamente, já ligamos a energia neste momento”, explica Thiago Capanema.

Padrão 

O padrão de entrada de energia deve ser construído por eletricista qualificado e de acordo com a Norma de Distribuição (ND) 5.1, disponível no site da Cemig. O equipamento deve ter livre acesso, estar instalado na divisa da propriedade com o passeio público e com o visor da caixa voltado para via pública. Além disso, o imóvel deve ter a identificação clara do número da edificação e estar em local de fácil visualização.

A primeira visita técnica é realizada sem custos para o cliente. A cobrança acontece apenas a partir da segunda visita, caso o padrão esteja em desacordo com as normas técnicas brasileiras. Os serviços são cobrados apenas na conta de energia.

“A empresa ressalta que a sua atuação vai apenas até o padrão de entrada da energia. Os profissionais da empresa estão devidamente uniformizados e identificados com crachá. Persistindo a dúvida sobre a identificação desses profissionais, o cliente deve entrar em contato pelo telefone 116”, frisa o gerente de Relacionamento com Clientes da Cemig.

Regularização 

Nos casos de imóveis em que a ligação da energia elétrica é mais antiga, o novo morador, ao ocupar a casa, deve regularizar a situação da unidade consumidora junto à Cemig. Mesmo se houver energia na residência, o cliente deve fazer a troca de titularidade para que não corra o risco de ter a energia cortada pela companhia.

“Apesar de um cliente fazer o encerramento do contrato, a Cemig não retira o medidor daquela unidade consumidora. Dessa forma, facilita a ligação de energia para um novo morador que for residir naquele local. Por isso, é imprescindível que haja a troca de titularidade antes da mudança. Sem isso, o consumo se torna irregular e a companhia pode desligar a energia dessa instalação a qualquer momento”, observa Thiago Capanema.

Fonte: Agência Minas

  • Muzambinho.com
  • Muzambinho.com
  • Muzambinho.com
  • Muzambinho.com

Deixe um Comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *