• loja.muzambinho.com
  • Muzambinho.com
  • muzambinho.com.br
  • Muzambinho.com

Cafeicultores do Sul de Minas exigem justiça diante de pagamentos atrasado

Redação13 de dezembro de 20232min0
coffee-2781645
Produtores e corretores de café das regiões do Sul de Minas e do Vale do Rio Doce se reuniram em protesto nesta segunda-feira (11) em frente a uma exportadora em Varginha.

Esta empresa está sendo investigada devido ao não pagamento de dívidas que afetam os produtores. Os manifestantes reivindicam o pagamento de sacas de café atrasadas, cujo prejuízo total pode alcançar cerca de R$ 300 milhões.

O caso se agravou em julho, quando um atraso de R$ 73 milhões foi registrado em um boletim de ocorrência, levando a Polícia Civil a abrir um inquérito para investigar. A empresa em questão solicitou à Justiça um prazo de 180 dias para suspender as cobranças, mas foi concedido apenas 60 dias para apresentar um plano de recuperação. Ela oferecia duas formas de pagamento aos cafeicultores: pagamento físico, onde o café era recebido e pago em dez dias, e o método de “afixar”, com pagamento inicial de 40% do valor e o restante após a definição de um preço.

A empresa argumentou que as mudanças climáticas de 2020 e 2021 impactaram negativamente as entregas dos cafeicultores no mercado futuro, complicando a situação financeira da empresa. Um advogado representando 30 produtores enfatizou que existem mecanismos financeiros para enfrentar a queda nas safras. Até o momento, a empresa MCC não iniciou oficialmente o processo de recuperação judicial. As investigações sobre os atrasos nos pagamentos prosseguem, com a Polícia Civil ouvindo os envolvidos e conduzindo o inquérito dentro do prazo legal estabelecido.

Fonte: Portal Onda Sul

  • Muzambinho.com
  • Muzambinho.com

Deixe um Comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *