• muzambinho.com.br
  • Muzambinho.com
  • loja.muzambinho.com
  • Muzambinho.com

Galinhas põem menos ovos na Quaresma? Mito ou verdade? Entenda

Redação27 de fevereiro de 20246min0
galinha-1235981273015
Especialista tira a dúvida e explica como o fato tem relação com o bem-estar animal, preocupação cada vez mais latente dos consumidores

A engenheira agrônoma e coordenadora de Pequenos Animais da Emater-MG, Márcia Portugal Santana, explica que a afirmação não passa de mito. “Mas é um mito que tem lá algum fundamento”, ressalva.

Segundo Márcia, as galinhas “pé-duras” (sem raça definida), de fato, reduzem a postura de ovos de março a julho – período que coincide com a Quaresma – mas isso está relacionado à menor disponibilidade de luz natural. No outono e inverno, o sol nasce mais tarde e se põe mais cedo e, para colocarem ovos, as galinhas precisam de luz.

A engenheira agrônoma conta que isso não acontece nas galinhas de raças e linhagens bem definidas porque estas foram melhoradas geneticamente para produzir mais e melhor, mesmo com menor disponibilidade de luz. “Então, a questão do amanhecer mais tarde e anoitecer mais cedo não interfere na postura dos ovos ou interfere bem pouco”.

Márcia Portugal.jpeg
Engenheira Agrônoma Márcia Portugal

Bem-estar Animal importa

Márcia conta que em galpões industriais de grandes granjas a luz fica acesa o tempo todo para garantir que as aves não parem de produzir. Mas ressalva que essa prática tem caído em desuso por interferir no bem-estar das galinhas que precisam descansar e dormir. “Essa é uma questão que tem despertado o interesse do consumidor, haja vista o movimento ‘galinhas livres de gaiolas’ que anda muito forte na Europa e Estados Unidos e vem ganhando cada vez mais força por aqui”.

De um modo geral, as pessoas têm, cada vez mais, se interessado em saber em que condições os animais que vão virar comida em seus pratos, viveram. Se não foram submetidos a situações de crueldade ou maus tratos, se puderam andar por um pasto (no caso dos bovinos ou bubalinos), ciscar livremente e o que comiam. Muita gente, inclusive, prefere as aves caipiras que dormem em poleiros, circulam livremente durante o dia e, se possível, são tratadas com medicamentos homeopáticos, no sistema orgânico.

Há troca de penas?

Mas e a questão da troca das penas? Procede a informação de que na Quaresma, as galinhas trocam as penas? Márcia esclarece que isso também é um fato mais comum nas galinhas sem raça definida, embora aconteça também nas aves de raça reconhecida. É mais comum acontecer no período do inverno, quando as aves diminuem a postura e entram num período de descanso.

Fonte: Itatiaia

  • Muzambinho.com
  • Muzambinho.com
  • Aki Tem Muzambinho

Deixe um Comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *