• Muzambinho.com
  • muzambinho.com.br
  • loja.muzambinho.com
  • Muzambinho.com

Governo anuncia 100 institutos federais até 2026; oito serão em Minas Gerais

Redação12 de março de 20242min0
347d7e19-8bb0-4e90-98f8-5a2291dd9155
Atualmente, Minas conta com 72 unidades da rede federal; o investimento será de R$ 200 milhões para criação de 11.200 vagas

O governo federal anunciou, nesta terça-feira (12), a criação de 100 novos Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia (IFs) até o final do terceiro mandato do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), em 2026. O intuito é gerar 140 mil vagas na rede de ensino federal.  O anúncio foi feito pelo petista durante cerimônia no Palácio do Planalto.

De acordo com o governo, as obras serão financiadas pelo Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) – serão R$ 2,5 bilhões para novas unidades e R$ 1,4 bilhão para consolidação dos campis atuais, com refeitórios e ginásios, por exemplo. Atualmente, existem 682 unidades da rede federal no país.

Durante seu discurso, o presidente afirmou que quer atingir o marco de mil institutos federais. “Eu lembro do Romário, do Pelé e do Túlio Maravilha querendo marcar 1.000 gols. E eu pensei: por que não podemos tentar chegar a 1.000 institutos federais no Brasil? emos uma meta”, afirmou.

Atualmente, Minas Gerais conta com 72 unidades da rede federal. E, de acordo com o Palácio do Planalto, está prevista a construção de mais oito institutos no Estado (veja as cidades abaixo). O investimento será de R$ 200 miihões para criação de 11.200 vagas.

  • Belo Horizonte
  • Bom Despacho
  • Caratinga
  • João Monlevade
  • Itajubá
  • Minas Novas
  • São João Nepomuceno
  • Sete Lagoas

O Nordeste é a região do país que receberá o maior número de novos institutos federais nesta fase de expansão. Nos nove Estados da região serão 38 campi. Já o Sudeste conta com 27; a região Sul com 13 unidades; a região Norte com 12 campis; e o Centro-Oeste com 10. Entre os estados, São Paulo é o que tem mais municípios beneficiados, com 12 cidades.

Fonte: O Tempo

  • Muzambinho.com
  • Muzambinho.com
  • Aki Tem Muzambinho

Deixe um Comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *