• loja.muzambinho.com
  • Muzambinho.com
  • Muzambinho.com
  • muzambinho.com.br

Minas não terá ampliação de vacinação da dengue, mesmo após Saúde liberar novas faixas etárias

Redação18 de abril de 20243min0
vacina_0608182718df
Secretária de Saúde orienta nova medida aos municípios com alta quantidade de oses próximas do vencimento

O Ministério da Saúde adotou uma nova estratégia temporária, para a aplicação das vacinas da dengue que estão próximas de vencer. Ficou definido pela Câmara Técnica de Assessoramento em Imunização, que os municípios que ainda tiverem com um alto número de doses a vencer em 30 de abril, poderão ampliar a vacinação para a faixa etária de 6 a 16 anos, caso esse que não irá acontecer em Minas Gerais, já que a validade das doses são para junho de 2024.

Caso os municípios permaneçam com baixa adesão na campanha de vacinação, as doses próximas ao vencimento – sendo 30 de abril – ainda poderão ser ampliadas ao público especificado na bula da vacina da dengue, que vai dos 4 aos 59 anos. Essa medida só deverá ser adotada em caso de necessidade.

Vacina em Minas e Belo Horizonte

Em Minas Gerais, de acordo com a Secretaria Estadual de Saúde, será mantida a estratégia de vacinação para o público de 10 a 14 anos, já que as doses disponibilizadas aos municípios mineiros têm data de vencimento para 30 junho.

Já na capital mineira, até o momento, cerce de 47 mil doses foram aplicadas, das 49,5 mil doses recebidas, que também vencem em junho de 2024. Segundo a PBH para adotar a nova estratégia do Ministério da Saúde, é necessário o envio de novas remessas de vacina contra a dengue. Sendo assim, o imunizante segue disponível nos centros de saúde para o público entre 10 e 14 anos.

O Ministério da Saúde ressalta, ainda, que aqueles que forem contemplados por meio da nova estratégia terão a segunda dose garantida.

“Precisamos lembrar que essa estratégia é apenas para as vacinas que possuem prazo de validade em 30 de abril. Ou seja, as cidades que não tiverem mais doses desse lote permanecem com o público recomendado anteriormente, de 10 a 14 anos”, pontua Eder Gatti, diretor do Departamento do Programa Nacional de Imunizações (DPNI).

Nova remeça das vacinas da dengue

A terceira remessa da vacina da dengue contemplou ao todo 686 municípios do país. 930 mil doses foram distribuídas, incluindo as reposições às regiões que fizeram o remanejamento. De acordo com a pasta, até o final deste ano, o Brasil receberá 5,2 milhões de doses, além da doação de 1,3 milhão de doses; isso permitirá a vacinação de 3,2 milhões de pessoas com as duas doses que completam o esquema vacinal.

Fonte: Itatiaia

  • Muzambinho.com
  • Muzambinho.com
  • Aki Tem Muzambinho

Deixe um Comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *